Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um trocaralho do cadilho

A justiça que é justa, cometeu uma injustiça prendendo um injusto. Mas, como tem que ser justa, desfez a injustiça praticando a justiça.

Parece até um trocadilho, mas soltou pai e filho.

Justo ou injusto, justiça ou injustiça... coisas prá encher lingüiça. Nem vou dar nome aos bois. Todos nós sabemos que são muito mais do que dois. Uns falam daqui outros dali, fazem até CPIs neste país!

O governo num total desgoverno ignora, mas enriquece até a nora!
O PT, ninguém sabe como e com o que, faz propaganda em TV e ainda tem como aliado, o PC do B.
Essa corja política envolvida em corrupção é a vergonha da nossa nação.

Roberto Jefferson considerado um terror, virou tenor. Severino mensalinho, saiu de mansinho. Valério empresário se fingiu de otário. Delúbio Soares assumiu tudo sozinho mas não foi para os ares.

Zé Dirceu jura inocência! Ah! Tenha paciência!

De toda a cambada que foi interrogada, não sobrou quase nada. Quando a CPI acabar... ninguém vai notar. Mas no referendo tem que votar. Embora de nada vá adiantar. Os bandidos cada vez mais... vão se armar.

Só nos resta uma opção! Anular o voto nesta eleição.

Tanta gente sem teto o governo quieto, outros morrendo de fome, o dinheiro some, continuaremos num circo chamado Brasil...

Podes rimar se quiser!


Vincent Benedicto
22/10/2005
Vincent Benedicto
Enviado por Vincent Benedicto em 22/10/2005
Código do texto: T62074
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vincent Benedicto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
477 textos (144385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:13)
Vincent Benedicto