Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Memória tristes, Memórias passadas

Deitado em uma colina, num mundo distante de todos
Se encontrava um menino, um menino com um ar de tristeza
Parecia analisar uma foto em que se podia ver uma família sorridente e alegre
Havia uma mulher que se podia ver pelas roupas não tinha uma condição tão favorável
Acabara de cair uma lágrima em seu rosto
Lágrima de quemhavia perdido cada membro de sua família, fora sua irmã mais velha
Que na foto também esboçava um lindo sorriso e estava sendo carregada por um homem
Um homem que não apresentava vestes também muito arrumadas,
Os braços talvez fortes, pois devia trabalhar numa pequena terra, que podia ser avistada no fundo da foto
Na foto, o próprio menino estava bem menor.


E ainda o cenário da foto com o olocal que o menino se encontrava eram parecidos,
Fotos: guardam lembraças as vezes tristes, às vezes felizes,
mas não deixam de ser lembraças, pois mesmo sendo ruins e tristes ajuda a relembrar um pouco no passado
Já dizia um filosofo: saiba do seu passado, para entender o presente e continuar firme e forte no futuro
Os muitos pensamenos do menino são interrompidos, pensava naqueles todos momentos que tivera com sua família.
Uma voz gritante e alarmadora interrompe seus devaneios tristes e saudosos para se ouvir o que a irmã ia avisar:
'VAMOS, mano o almoço já está pronto!', o menino enxuga suas últimas lágrimas de tristeza
Seus últimos vestígios de memórias de tristeza e sobriedade.
Seus últimos vestígios de memórias passadas
A casa que em que o menino entrou estava ao lado da casa em que a foto retratava, em que a família estava em sua frente.
Lucas entre para a casa, vamos!' Alteava uma voz feminina emergindo no fundo da casa
"Sim, mamãe!" Responde o menino, que correndo feliz tentando esquecer aquilo, entra na nova casa, sorrindo.
Igor Vinícius
Enviado por Igor Vinícius em 25/08/2007
Código do texto: T622685

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o meu nome e o link para a minha obra, dando os devidos créditos sempre.). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Igor Vinícius
São Luís - Maranhão - Brasil, 25 anos
9 textos (613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 01:33)
Igor Vinícius