Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU INIMIGO CIGARRO

             
Eu não tenho muitos inimigos, pois deixo Jesus comandar meu coração e este a minha vida. Mas como até o Mestre teve inimigos, eu não seria exceção.
Entre meus inimigos reconheço a inveja, a vaidade, a traição, a falsidade, etc.. Mas o que mais me entristece e magoa é o tal do cigarro.
Esse veneno traiçoeiro e impiedoso, além de desnecessário, vive roubando a saúde e a vida de pessoas importantes para mim; pessoas de boa índole, porém inocentemente dizimadas pelo tabaco; como meu avô Fernando, meus tios Francisco e Domingos, minhas primas Rita, Fátima e seus companheiros, amigos e pessoas que gosto muito, como Avelino, Adilson, Angelo, Solange, Maria Dirce, Jane Antunes, Neusa, Verônica e muitas outras que estão perdendo esta vida.
O ser humano sempre teve prazer em contrariar certas coisas óbvias, que fazem parte da natureza.
Adora a alta velocidade, mesmo sabendo que isso pode fazê-lo vítima de grave acidente.
Adora viajar e brincar nas alturas, mesmo sabendo que Deus nos criou sem asas, portanto não deveríamos abusar desses desafios.
Adora trabalhar ou divertir-se muito além da capacidade de seu organismo.
Adora o alcool e o fumo, mesmo sabendo que isso o levará a muito sofrimento, com uma morte angustiante e, o pior de tudo: um eterno sentimento de “culpa”.
É , mesmo sem ser fumante, o cigarro deve ser um dos meus principais inimigos, porque sem ele minha vida, com certeza, seria mais feliz. Por isso eu lhe peço, se você gosta um pouquinho de mim, afaste-se desse vilão.
                    2.006......Fernando Alberto Salinas Couto
 
Obs.: dos nomes mencionados já partiram: Fernando, Francisco, Domingos, Adilson, Ângelo, Maria Dirce e Jane.
Fernando Alberto Couto
Enviado por Fernando Alberto Couto em 28/08/2007
Código do texto: T628182
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Alberto Couto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 66 anos
1217 textos (55631 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:50)
Fernando Alberto Couto