Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A mulher ideal

            A mulher ideal deve ter necessariamente alguma barriguinha. Talvez uma ou outra estria      ( não muitas), celulite não, que aí já é relaxo.
            Ela deve ter entre 1 e sessenta e 1 e setenta. Anãs são de uso exclusivo de anões, porém não devem ser altas como essas modeletes que abundam nas revistas e desfiles de moda.
            A mulher ideal deve ter feições comuns. O tipo que os homens cruzam nas ruas e não perdem tempo em virar a cabeça para apreciar seus bumbuns. Para isso servem as Playboys, as Sexyes e tantas quantas mais revistas de mulher peladas existirem.
           Não precisam ser inteligentíssimas. Basta que saibam conversar sobre alguns assuntos da vida real. Não é necessário que saibam distinguir a Dow Jones da Nasdaqc, apenas que são bolsas de valores.
          Deve ter entre 35 e 50 anos, podendo oscilar para mais ou para menos.
          A mulher ideal pode ter filhos. Quiçá neto. Atentem para a colocação no singular. Mais, a retiram automaticamente do rol. E poderão mentir orgulhosas que é seu filho temporão sem medo que descubram a mentirinha inocente.
           Devem gostar de cães ou gatos. Mulher que detesta animais assemelha-se à madrasta da Cinderela  ou outras vilãs de histórias da Carochinha. Nada mais lindo e sexy que uma mulher madura acariciando seu animal de estimação.
           Pode estar um pouco acima do peso. Não muito, que a impeça de usar roupas justas e provocantes e um tantinho mais curtas que as usuais. Porém nunca, jamais, ser esquelética como modelos versolatianas. Estas parecem menininhos brincando de malhar o Judas.
            A mulher ideal deve sorrir sempre.Não existe nada melhor para alegrar o dia que o sorriso de uma mulher bonita. Mesmo que não seja para nós.
            Deve ter uma profissão, desde que apropriada para ela. Advogada. Médica. Empresária. Ou uma simples vendedora de cosméticos.
            Com o avanço do feminismo algumas escolheram profissões não tão femininas. Mas, com sinceridade: é possível excitar-se ou mesmo admirar uma boxeadora? Uma pedreira?
            Basta de Giseles, Meles e Scarleths.
            Bem melhor Marianas, Anas e Joanas.
            Musas são para sonhar.
            Mulher ideal para amar.
Vanderbilt
Enviado por Vanderbilt em 31/08/2007
Código do texto: T632350
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderbilt
Londrina - Paraná - Brasil, 57 anos
1 textos (146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 08:00)