Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRIMEIRA IMPRESSÃO - PARTE I

Muitas pessoas acreditam que “a primeira impressão é a que fica”.
Eu particularmente me sinto péssima ao imaginar que isso possa ser verdade. Já pensou se meu vizinho já fez uma imagem sobre minha doce pessoa, no dia em que me pegou extremamente melecada de Rayto del Sol, suada, com cabelo sarará crioulo, e o que é imperdoável: cantando Britney Spears! O porteiro então. Que imagem teria de uma pessoa que teve a energia do apartamento cortada? Ou então a faxineira do prédio que acha que sou eu quem misturo o lixo reciclável com o lixo normal, só porque um dia ela me flagrou meio confusa com relação às cores das latas, que são muitas, e até hoje não decorei qual é qual. Tem também o meu chefe, que basta eu estar espiando rapidamente meus e-mails pessoais, para ele olhar no meu monitor (isso é invasão de privacidade). Isso sem contar os garçons e proprietários da balada que costumo freqüentar..(sem comentários agora).
Pra cada situação citada acima, (e fiz uma lista curta claro), há uma explicação. Portanto, no que se refere à bendita frase, aquela que não gosto nem de reescrever, acho que deveríamos ter uma segunda chance. Isso mesmo, seria a solução para os mal-entendidos, más impressões, e quem sabe, com o mal da humanidade.
Uma grande amiga minha, a Mara, estava me contando uma historinha bem interessante a respeito desse tema. Mara é uma pessoa que vive procurando o amor da sua vida que ela mesma, aos seus 32 anos, diz nunca ter encontrado. Faz terapia, malha, se cuida, lê bastante, é atualizada, independente...aii, sempre a mesma história não?! Ela diz que isso assusta seus pretendentes..e assim continua sozinha, há mais de 4 anos! Na sexta à noite já está com vestido recém comprado, de grife, óbvio, e montada numa maquiagem, aquela do método vendido nos melhores salões. Se olha no espelho, dá uma rodadinha e diz: pronta pro “abate”. Bom, não sei onde ela erra, sei que no sábado pela manhã:
- Maryyyyyy!!!!! Menina, vc não tem noção!!
- Oi Mara..são 8 da manhã amiga..te ligo às 14h..
- Não Mary, vc não está entendendo amiga, sem noção, acorda aí, dá 3 pulinhos e pula dessa cama! Vamos tomar café da manhã no posto. Já sei! Está dura que nem seu coração, EU PAGO, VAMOS! PASSO AÍ! Me espera!
BLIM BLOM!
- Maryyyy, abra essa porta! Já estou aqui!
(ai meu Deus, que sacoooo)
- Credo! Vc comeu pizza de novo ontem? E 4 pedaços?
(Não. A Duda, minha cadela que ligou na pizzaria e fez a festa) Hunf
- Bom Mary, mas o que importa é que encontrei o homem da minha vida!
- Ahã...
- É verdade dessa vez amiga, eu juro! Ele até pediu meu telefone quando saímos do Motel!
- Ahhhhhhhh Maraaaa! De novo?! Vc deu de novo de primeira Mara?
(passei noites e noites conversando sobre isso com ela, mas acho que teria sido melhor se tivéssemos assistido ao Telecurso segundo grau).
- Ai Mary, deixa de ser careta, esse é mais velho, E amiga, senta! Ele é escorpiano!! Ou seja: bom de cama!
(aff)
- ...ele até me levou pra conhecer a casa dele, por fora, mas levou! Ai amiga, sabe quando você se imagina com as crianças, empregados e cachorros?! Ai que lindo Mary!
(Não, não sei).
- E o que vocês foram fazer no Motel se ele mora numa mansão?
A Maravilhosa mente da Mara quase funcionou por um segundo, vi que ficou pensativa. Entendeu o que eu quis dizer, mas desconversou.
- Super carinhoso, meigo, e imagina! Me pediu o telefone! Mary, acho que me caso com esse.
(Meu Deus, avise essa louca que ele já é casado!)
- Mara...
(tentei)
- Mary, você vai ver, meu coração não se engana nunca!
(Não)?!
- Vamos tomar café, já que me arrancou da cama.
Tentei mostrar à Maravilhosa mente da Mara, a imagem que ela passou pro sapo, ops, para o príncipe. Se o canalha não fosse casado, e se ela não tivesse se empolgado, blábláblá. E bláblá para não adiantar nada. Ela não percebeu que tudo o que ela queria passar, a imagem de uma mulher que poderia se apaixonar, e viver um romance com ele, foi a última coisa que ele pensou, se é que o “cabeça de baixo” pensou alguma coisa..
E por falar em impressão..Chegando no posto, às 8h30 da manhã, nem preciso citar o estado crítico do meu humor, ainda mais ouvindo a história da princesa, ou melhor, do príncipe da vez. A aparência então: Calça de moleton, blusa regata, daquelas do Torra-Torra, sem maquiagem, e uma Havaiana “volta-de-praia” surradíssima...
- Oi, será que você poderia me emprestar seu isqueiro? Opa, nem sei se você fuma..
(claro, mas deduziu pela cara que eu estava)
- Fumo! Fumo, fumo sim, eu fumo...
(cabeça confusa, moço bonito, amiga louca, isqueiro amarelo)...
- Achei! Está aí, o loirinho!
(afff, eu disse isso)??
- ahahaha, gostei!
(jura)?
- ahaha, coisas de geminiana..
- É mesmo? Eu não entendo nada de astrologia. Sou escorpiano, sabe alguma coisa sobre?
Agora me diga...que imagem me veio à cabeça? Qual a primeira impressão?
(FUEEEEN)!!
Mariana Merigo
Enviado por Mariana Merigo em 03/09/2007
Código do texto: T637201

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariana Merigo
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 40 anos
12 textos (1815 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 02:29)