Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

paralelo social

Um dia passeava sem destino.
Estava angustiada insatisfeita comigo,com a vida
Parei sentei e fiquei a observar quem passava
 Sempre faço isso quando nada tenho pra fazer
Ore quando penso que isso é nada
E ali bem na minha frente um homem.
Passando, olhando sorrindo,
Dava comida aos pombos, mas parecia que há dias não tinha comido
Ele pulava sorria , suas roupas rasgadas balançavam caiam
Seu sorrido era lindo franco, mas faltavam dentes
E ele na sua alegria nada fazia que mostrasse revolta ou descontentamento
E eu ali, vestida, sentadas  chorando  emocionada com pena de alguém que me ignorava
Foi justamente por eu não ser nada
E ele ser tudo ter tudo de que precisava
pra ali fica sorrir e me mostra o quanto eu estava errada e nessa hora justamente,
 me olhou e disse:
- Bom dia!
 Eu chorava e ele sorria!

Leandra Telles
Enviado por Leandra Telles em 06/09/2007
Código do texto: T640556

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leandra Telles
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (3480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 09:41)
Leandra Telles