Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os Dragões do Erário

Os dragões da malversação do erário sempre estão a postos, não vislumbram nenhum tipo de preguiça quando desejam lançar suas chamas de fogo ardente. E aqueles que estão perfilados a defender as estruturas públicas, suas instituições e a sociedade indefesa, sofrem com o ardor intenso e impiedoso desses terríveis seres.

Suas labaredas corroem a legislação do país, as instituições fiscalizadoras, os fracos e oprimidos, sendo capazes de mortificar o temido exército romano.

Há, ainda, aqueles dragões que vestem a manta do “chapeuzinho vermelho” e conseguem enganar, até mesmo, as tropas napoleônicas e seus galeões. Mas, nosso faro está se aperfeiçoando no intuito de desarticular essas tramóias inescrupulosas.

Creio que nosso exército não é de um homem só. Ele é composto de um batalhão incansável de infantes, todos dispostos a despender seu tempo e suas forças em prol da defesa estatal, do interesse público e da res pública.

A cada dia, sempre perto desses insanos, vejo como é essa luta tenaz e, por vezes, pautada com armas ínfimas frente à mega artilharia dos monstros que denigrem o patrimônio público.

Suas intenções são meramente particulares. Não desejam, de forma alguma, o benefício social ou a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Seus desejos são, tão-somente, vilipendiar a coisa pública, locupletando-se. Para isso, eles utilizam quaisquer tipos de formas nefastas, desde crimes contra a administração pública e fraudes das mais diversas a ameaças tamanhas.

Tentam reduzir a cinzas todos aqueles que lutam contra seus ardores e suas estripulias.

Entretanto, estamos aqui, vivos, prontos para lutar incansavelmente contra esses miseráveis dragões, que, seguidas vezes, crestam o estado brasileiro e aqueles que lutam por justiça.

Eu grito, nesse instante, no intuito de proclamar todos vocês, todos vocês que querem um futuro decente para nossas crianças, que desejam uma educação pública de excelente qualidade, que esperam dos hospitais públicos total compromisso social, que desejam uma segurança pública plantada com as sementes do bem e da ordem. Venham. Juntem-se a nós.

O Brasil urge por um exército composto, somente, por integrantes que ostentam no peito o brevê da moralidade, da ética e do compromisso social. Venham. E se integrem a esse corpo que irá lutar até às últimas gotas de sangue.

Acredito que nossa luta poderá ser ad eternum, mas nossas almas estão prontas para enveredar nesse combate sem as pífias preocupações com a questão temporal.

Sejamos como Hércules, incansável e corajoso, em sua luta contra os dragões, que ao eliminar um apareciam dois. Mas, nem por isso, ele desistiu.

Então, nobres guerreiros, empunhem os escudos, as lanças, o elmo e a sede pela vitória, pois o primeiro grito ressoará por todo o universo, fazendo os dragões estremecerem de medo. Teu som refletirá a ira dos homens bons e o sacrilégio dos ímpios. E a bondade, a ética, a moralidade, a probidade e o interesse social reinarão por mil anos.

Fogueira aos dragões e vida longa a esses guerreiros.
RONALDO NASCIMENTO DE SANTANNA
Enviado por RONALDO NASCIMENTO DE SANTANNA em 06/09/2007
Código do texto: T641320

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RONALDO NASCIMENTO DE SANTANNA
Salvador - Bahia - Brasil, 43 anos
3 textos (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 06:00)
RONALDO NASCIMENTO DE SANTANNA