Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Formas de te alertar

Tu com os teus problemas! É sempre tu com os teus problemas. Tu chegas em casa e comes teu bolo de chocolate preferido e finges que está tudo bem. Sempre. É sempre assim! Tu com tua cara tachada e ridídula. Tu estás maluca? Pretendes continuar tola diante da vida enquanto as pessoas te tacham de cara tachada?
Tu pensas que teu cérebro é quadrado, que tudo que tu imaginas acaba se encontrando no final dos teus pensamentos. Mas isso não passa de uma mentira! Mentira deslavada! Tu és ridícula, sério! Consegues influenciar os milhares de habitantes do teu país rico e desproporcional. Quer dizer: tu tens poder sobre a tua cidade inteira! Depois te pegas pensando que é poderosa. Repito: tu és maluca, isso sim! Não percebes que a tua vida é tu, tu mesma e tuas coisas? Não coloques nesta mentira quem realmente não faz parte dela: homens e mulheres? mulheres e homens? ou seria o teu bolo de chocolate? Coitada de ti, esqueceste o teu bolo preferido no meio da gaveta de talheres. Se bem que eu andei pegando emprestado um dos teus panos de prato, na segunda gaveta, e a cobertura melequenta do teu bolo estava lá: uma meleca só!
A cidade está um redemoinho por tua causa! Queres um conselho? Vá a um psicólogo ou ao psiquiatra. A decisão é tua! Tu pensas que é a única no mundo e que tu podes manipular teus pensamentos e, com eles, interferir na vida alheia... Pobre mulher és tu! Que implicas com a verdade, com os motivos da mesma... Já te disse: psicólogo é a melhor opção! Assim, tu afundas tuas mentiras falsas, hipócritas dentro da privada, lá no consultório do teu novo psicólogo. Pensa quão divertido seria tu te afundares com tua vergonha tachada; chama teu psicólogo para te fazer companhia. Seria tu, tu mesma, ele e teus pensamentos. Tudo dentro do mesmo redemoinho!
Nicole Pozza
Enviado por Nicole Pozza em 13/09/2007
Código do texto: T651281

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nicole Pozza
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
6 textos (516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:47)
Nicole Pozza