Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Fantasia na terra da esperança

Numa época muito distante, o brasileiro voltou a sorrir. Tinha o poder da decisão. Uma arma nas mãos: chamada voto. Os anos passaram. A arma voltou-se contra ele. Depois disso, muitas lágrimas foram derramadas. O brasileiro não mais sorriu.

A esperança venceu o medo. Novamente o sorriso. Acreditaram no sonho. Na mudança. No desenvolvimento. O fim da corrupção.

Novamente os anos se passaram. A lama começou a emergir. Da vitória da esperança sobre o medo, vimos o medo ressurgir. Hoje, o cidadão fica trancafiado. Homens armados estão nas ruas. Sair de casa tornou-se uma aventura, de muitos fins trágicos.

Na estrada da vida, o brasileiro é tratado como marginal. Já não é respeitado. Sua conquista está esquecida. E seus sonhos, cada vez mais distantes. Hoje, o brasileiro está desolado.

De avião, carro, ônibus, já não dá para andar. O caos aéreo mata, fere, e deixa filhos órfãos e parente em lágrimas.

Na estrada da vida, o Brasil tornou-se vilão. Menos em Brasília. Lá a Lei é outra. O cidadão não pode nem mais assistir, as decisões do Senado Federal ao vivo. O destino de um corrupto é trancado. Estamos vendo Ali Babá e os 40 ladrões.

Que Brasil é esse? Ao cidadão não é permitido errar. Aos políticos, até roubar.

É. Essa país mudou. Agora, é relaxa e goza. É deixar o top top dominar.

Enquanto isso, muitos brasis se formam e em cada um, o brasileiro não consegue olhar.

Mas olhar pra quê?

Hoje, a fantasia é sonhar....

Sonhar com um presidente, que saiba o que acontece no seu país. Ou melhor, em seu gabinete, no seu alto escalão. E principalmente, saber o que faz quem o cerca.

Hoje, o que vemos é quem não viu nada, de nada sabe. Mas que foge, na hora de agir. Enquanto, sua saída é estratégica, pra não baixar sua imagem popular, por trás ele manda agir, e assim, absolver, aquele que não tem vergonha de lá está.
 
Ana Maria Negreiros
Enviado por Ana Maria Negreiros em 18/09/2007
Código do texto: T658397

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ana Maria Negreiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Negreiros
Ananindeua - Pará - Brasil, 38 anos
147 textos (8251 leituras)
9 áudios (662 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:42)
Ana Maria Negreiros