Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS GIBIS

               Estávamos no final dos anos 40, eu e meu primo tínhamos cerca de 10 anos de idade. Apelido dele era Popocas e o meu era Léo (apelido mesmo, mas isto é outra historia que será contada noutra ocasião).
O Popocas, que morava em Porto Alegre, veio com a mãe passar uns dias conosco em Pelotas onde eu morava com minha família.
Naquela época era comum a viagem entre Porto Alegre e Pelotas ser feita pela Lagoa dos Patos a bordo do navio CRUZEIRO num tempo de aproximadamente 24 horas!
A gurizada adorava ler um GIBI e o Popocas e eu não éramos diferentes. Pois ele, na véspera de volta para Porto Alegre, comprou uns 4 ou 5 GIBIS para ler na longa viagem. Fiquei doido para ler aquelas revistas, mas ele não me emprestou e guardou na sua mala.
Claro que fiquei arquitetando um vingança e no outro dia, antes de irmos para o cais do porto, num momento de distração dele, tirei as revistas da mala e escondi.
Chegamos no porto, nos despedimos e Popocas com sua mãe subiram a bordo.
Eu e minha mãe ficamos no cais esperando o navio desatracar.
Quando o CRUZEIRO, já solto das amarras, começou a se movimentar,  eles na murada do navio nos abanavam e nos respondíamos do cais.
Pois neste momento, tirei os GIBIS que estavam escondidos debaixo do meu casaco e, com eles, abanei para o Popocas!!!
 
Zé Stone
Enviado por Zé Stone em 19/09/2007
Código do texto: T659189
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Stone
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 79 anos
2 textos (183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 13:48)
Zé Stone