Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luta

Luta

Pedro Coimbra
ppadua@navinet.com.br

David defendia seu rebanho e nas horas vagas tocava sua harpa. Seus irmãos guerreavam contra os filisteus. David soube que aquele que matasse o gigante Golias receberia uma fortuna em ouro e também como esposa Merab, a mais velha das filhas do Rei Saul. Em um ribeirão, escolheu cinco pedras, colocou-as na sua sacola, carregou uma funda e foi desafiar o famigerado Golias. O pastor apanhou uma pedra na sacola, colocou-a na funda e atirou. Ela penetrou na testa do filisteu, fazendo-o cair. David pôs-se de pé sobre o gigante e, com a própria espada de Golias, o degolou. E o Rei Saul não lhe deu Merab, a princesa prometida...
Maravilhosas as histórias da Bíblia Sagrada que contém as inúmeras vertentes do comportamento humano! Como esta de David que é bastante violenta...
Sempre julguei ser necessário um pouco de agressividade para enfrentar o cotidiano do ser humano. Ela costuma ser aceita e estimulada quando pode ser considerada sinônimo de iniciativa, ambição, decisão ou coragem.
Não que eu fosse adepto da violência pura, sem nenhum sentido. Mas sempre gostei de luta livre e boxe.
O gosto pela mais nobre das artes começou no dia em que estávamos na Praça de Esportes e chegaram algumas caixas pela transportadora. Tudo ali estava abandonado, em péssimo estado de manutenção. A começar de uma moderna sede iniciada e não acabada. A água da piscina esverdeada, com um cheiro horrível, permanente. Por todo os cantos azulejos quebrados, cortantes como a lâmina de uma faca. As tábuas dos trampolins ameaçavam quebrar a qualquer momento causando acidentes graves. Os vestiários nauseabundos, com os encanamentos vazando e raízes das árvores ao derredor invadindo os vasos sanitários. Todos que se aventuravam a nadar naquelas águas nojentas tornavam-se portadores de mazelas na pele e nos olhos.
Os professores Lima e Moraes abriram as caixas e dentro delas surgiu um vasto material de treinamento de boxe.
O professor Lima que esperava que houvessem enviado, pelo menos, sapatos de prego e bolas para o pessoal do atletismo e do basquete saiu furioso, xingando os administradores da Diretoria de Esportes de Minas Gerais, responsáveis por mais aquele erro brutal.
E a criançada tomou conta de tudo.Luvas de treinamento nas mãos partimos para a franca pancadaria.
Anos depois saíamos do Escritório de Furnas, onde hoje funciona a Funerária Carvalho e rumávamos para a Praça de Esportes.
Danton Pires Barroso, um sujeito enorme, ensinava o Rotiê Junqueira Mendes, o Carlos Roberto Gomes, eu e mais um pequeno grupo, os truques da luta livre.
Foi bom até o dia em que quebrei um dedo do pé, que agarrou na lona que compunha o ringue e fui parar na mãos do Dr. Sylvio Menicucci, na Santa Casa.
Anos depois morava em Brasília e fui assistir uma luta de Éder Jofre.
Ele se notabilizara na categoria peso Galo, e como peso Pena vencera 25 das 25 lutas que realizou e nesta noite conquistou o título mundial dos Penas, versão Conselho Mundial de Boxe, contra o espanhol José Legra, um lutador talentoso e cheio de manhas.
Ao meu lado sentou-se uma moça muito bonita que disse se chamar Esterlina, não entendia nada de boxe e era assessora de um político nordestino que a trouxera para sua assessoria. Gostava mesmo era de fazer poesias e chegara ali, junto com mais de vinte mil pessoas, por acidente.
Com o passar dos anos passei a julgar que aquela linda mulher, a Esterlina que sentara ao meu lado naquela noite, não passava de uma visagem...

Pedro Coimbra
Enviado por Pedro Coimbra em 27/09/2007
Código do texto: T670965

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Coimbra
Lavras - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
18 textos (1291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 17:11)
Pedro Coimbra