Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paty do Alferes e sua cultura em potencial.

Talvez o período de apenas doze anos em que convivo com os patienses e a sua história de vida, não seja suficiente para conhecer, com profundidade, a verdadeira razão que os transformou em fervorosos amantes de seu aconchegante rincão, preservando e valorizando as suas raízes culturais.
Existem por lá, alguns filhos da terra os quais, não somente a dignificam com o amor patriótico, como também procuram relembrar, com honrosas homenagens, aqueles antepassados que até hoje são os maiores responsáveis pela privilegiada posição em que se encontra a cidade, no aspecto cultural. Sem dúvida alguma, um considerável número de cidadãos se destacou pela importância de suas nobres ações de cidadania.
Com a precípua intenção de homenagear esses dignos representantes da brilhante cidade menciono, a seguir, alguns patienses cujos nomes já constam também do acervo histórico nacional:
- Joaquim Osório Duque Estrada. Ilustre filho de Paty do Alferes, nascido em 29 de abril, de 1870. Autor do Hino Nacional Brasileiro. O município se orgulha de manter em seu Arquivo, o manuscrito do Hino Nacional doado pela família do conhecido autor e escritor.
- Maestro José Figueira. Músico consagrado e maior incentivador na criação de bandas de música em Paty do Alferes.
- Professor George Jacob Abdue. Apaixonado pela educação. Era um grande educador.Diretor do Ginásio Barão de Paty do Alferes e entusiasta da emancipação.
- Professor Paschoal Leme. Técnico de educação. Conheceu Paty do Alferes na década de 30. Recebeu diversas honrarias, destacando-se entre elas o de Doutor Honoris Causa da UFF/RJ. Publicou diversas obras, sobressaindo-se ”Problemas Brasileiros de Educação.”Doou um grande acervo para a Biblioteca Municipal.
Na condição de legítimo cidadão patiense, conforme título outorgado pela Câmara Municipal de Paty do Alferes, em dezembro de 2006, tenho orgulho de reconhecer o município como um profícuo celeiro de cidadãos comprometidos com o desenvolvimento social e cultural, revestindo-se do espírito de patriotismo que evidencia a dedicação pela terra natal.
 
Demarcy de Freitas Lobato (Em memória)
Enviado por Demarcy de Freitas Lobato (Em memória) em 03/10/2007
Reeditado em 03/10/2007
Código do texto: T679477
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demarcy de Freitas Lobato (Em memória)
Miguel Pereira - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
374 textos (109008 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:09)
Demarcy de Freitas Lobato (Em memória)