Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“ Cagaro na lagoinha !!! “

Fortaleza parecia o próprio paraíso naquele dia. Acordo no hotel, às 09 da manhã; brisa, vista para o mar,  e uma linda mulher.

Café da manhã: frutas, sucos, queijos, iogurtes, pães, café e leite. E mais... Esqueci... Acho que o nome é tapioca.

110 Km, para se chegar na praia, saindo de fortaleza. No Ônibus me vestem de mulher, obrigam-me a dançar “Xuxa”, seria um aviso?

No mesmo, confiro algumas vezes, a inserção do toalete, mas nada que preocupe.

No descer da duna, alguns jipeiros já gritavam: “Com emoção? Ou sem emoção?” – Turma de jovens, respondemos ao mesmo tempo – “Com emoção!” péssima escolha... O jipe saía com as quatro rodas, nas dunas, ( Deus me livre !!! Nunca mais!!!!)

           E ao descer, já estava naquele estado... Pagando um milhão por um banheiro!  Avisto uma cabana, e um pequeno menino,  vou logo perguntando:

-“Tem banheiro?”
-“Banheiro não! Seu moço! Quer arriar o Cajuzinho?” - pergunta o menino.
- “Sim”- respondo, com a mente pesada.
- “Só na lagoinha!” – me mostrando o oásis, onde as pessoas desciam de eskibunda, e terminavam se refrescando na lagoa.

    Convidei minha esposa a descer comigo ao lago, achando que realizaria o serviço e ninguém notaria.

Vários nativos disputavam espaço na lagoa com os turistas, neste dia quente. Foi quando, eu e minha esposa entramos e, em  alguns segundos, o serviço estava feito.

Meu amor foi o primeiro a perceber... Pois foi cercada pelos jacarés.

- Não sabia que boiava!?! -  disse com vergonha. Minha parceira soltou a mão e já saiu enfurecida...

Mas ainda não era meu fim... Um arataca não parava de gritar ao meu lado:

- “Puta merda!!! – Cagaro na Lagoinha!!!”

                                                        dcapitaneo@gmail.com
Douglas Capitaneo
Enviado por Douglas Capitaneo em 03/10/2007
Reeditado em 09/01/2008
Código do texto: T679500

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Douglas Capitaneo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Capitaneo
Varginha - Minas Gerais - Brasil, 44 anos
18 textos (5451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 04:10)
Douglas Capitaneo