Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falando de música (crônica curtinha, leve... Até eu gostei.. rsrsrs )

Também, depois da idéia doida de comentar o texto logo no título. Tem pra mim que você chegou até aqui só pra ver.... Quem já viu uma coisa dessas? Bah! tudo tem a sua primeira vez. E como sugere Roberto Carlos em uma de suas músicas, nós, que gostamos de escrever, temos de "ficar nu" para chamar atenção do leitor. Chega, né? Vamos ao texto proposto.

Boa leitura
"AS"
--------------------
FALANDO DE MÚSICA I
Lendo hoje à tarde na varanda do meu `monastério´, de repente escuto uma melodia lá longe. Ela vem chegando de mansinho e, como ondas aromáticas, se infiltram docemente em meus ouvidos, coração, fígado e rins.

FUR ELISE, A MINHA PREFERIDA
de todas entre todas, do mestre Beethoven. Dona Marinês, a vizinha que mora em frente, voltou a tocar piano.

AH, DONA... NEM
queira imaginar! Für Elise é uma bagatela e bagatela é coisa sem importância. Que nome mal empregado. Pois para mim é muito importante. Muito... Muito! Na minha estreiteza musical essa palavra não caberia aí, mas isso é de somenos importância.

FALANDO DE MÚSICA II
A definição: Forma de Comunicação não-verbal que surgiu antes mesmo do homem aprender a falar.

A FRASE:
"Quem não sabe dançar, culpa a irregularidade do piso". Podemos identificar nesta frase um pretexto {justificação}, mecanismo de defesa mais conhecido como racionalização. Freud explica melhor.

QUEM SE JUSTIFICA...
...demais não evolui. De todos os mecanismos de defesa apontados por Freud, esse é o que está mais presente em nossas atitudes e comportamentos. Lembram daquela historinha da raposa e as uvas?

A EXPRESSÃO MAIS CONHECIDA:
Dançar conforme a música ou do jeito que tocar eu danço. Estas expressões indicam achar-se a pessoa disposta a enfrentar todos os obstáculos, que "topa toda parada".

É BOM DIZER:
O amigo(a) pode não ter gostado da crônica, mas cumpri o que disse no título. Ou não?
------------------------
Bom domingo pra todos nós.


AIRTON SOARES
Enviado por AIRTON SOARES em 06/10/2007
Reeditado em 06/10/2007
Código do texto: T683553

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor para o site http://airton.soares.zip.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
AIRTON SOARES
Fortaleza - Ceará - Brasil, 65 anos
243 textos (62346 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 16:41)
AIRTON SOARES