Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Primeira Vez Ninguém Esquece

Eu tive a minha primeira experiência aos cinco anos, salvo engano, considerado muito jovem para aquilo, não tive dúvidas que seria com ela, lembro-me como se fosse ontem, meu pai foi quem nos apresentou, era uma tarde de verão, o mês não lembro, mas sei que fazia calor.

Estava nervoso, muito nervoso. Será que vou gostar, espero que sim. Me aproximei dela bem devagarinho, e como quem não quer nada, vagarosamente me postei sobre ela, segurei os seus punhos, punhos delicados de quem nunca foi tocada e acariciada e comecei a fazer um leve movimento.

Nunca tinha feito aquilo antes, mas tinha visto outras pessoas fazerem, e como eu aprendo rápido não tive dificuldade, pelo menos de início. Tempo depois, eu já estava exausto, mas não conseguia parar. Estava bom demais.

E como tudo que é bom dura pouco, meu pai chamou-me e falou que aquilo já era o bastante por aquele dia. Então saltei da minha bicicleta e fui para casa. Acho que para ser a primeira vez eu me saí bem.
Romoal
Enviado por Romoal em 08/10/2007
Código do texto: T685426

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romoal
Russas - Ceará - Brasil, 28 anos
24 textos (1852 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 08:21)
Romoal