Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
            Deus se matou de trabalhar, de bolar todas as leis universais, criou uma diversidade de coisas, emoções, cores, sabores e a maioria das pessoas só quer o trivialzinho, o sorvete de creme, o arroz com feijão. 
 
             Lógico que o simples, muitas vezes é o melhor, mas não seja tão pobrezinho de espírito e fique só no pouquinho, no pequenino, no justo. O universo quer e exige de nós, o maior número de experiências possíveis, experimentar aquilo que está disponível, louco para ser provado. A natureza, há bilhões de anos se recicla, se desenvolve, amplia a diversidade e você fica aí, só olhando, admirando a beleza que te rodeia sem fazer nada para pegar essa "onda". Que pobreza de espírito!!!!

           Tem gente que diz: " amei aquela mulher e nunca mais amarei ninguém, afinal ela era unica". Desculpa, mas a única coisa que posso te dizer é que você está perdendo a oportunidade de conhecer "outras" mulheres maravilhosas, e quem sabe muito mais interessantes que a insubstituível "única". 

          O amor, tal como o dinheiro necessita circular, ir de lá para cá, se não a função tanto de um como de outro perdem o sentido. Amar significa transmissão de um sentimento de um para outro ou outros, portanto ame mais, permita que esse fluxo de energia vibre cada vez mais e com mais pessoas, ou mesmo com outras coisas. O amor contido, preso, deteriora-se transforma-se em solidão, em uma simples saudade, uma lembrança das coisas boas que experimentamos no passado, às vezes recente, outras que já nem nos lembramos mais.

         Pule de paraquedas um dia, sinta-se vivo pelo menos algumas vezes ao ano, Faça loucuras sem planejamento, uma viagem sem programação, sózinho, sem data de ida nem de volta. Já estou vendo a tua cara: " prá você é fácil dizer isso, pois você.......blá....blá....blá..!!!!  Vou te dizer uma coisa: você querer arrumar desculpas para não fazê-lo é problema seu, mas não me venha com explicações do porque eu posso e você não!!!

       Viver é sentir e não somente ser. Arrisque-se um pouco, e imagine o que as outras pessoas dirão de você. Com certeza elas terão inveja do que você foi capaz e por isso comentarão tua loucura. Após a segunda ou terceira vez, ninguém mais vai comentar ou criticar, na verdade elas procurarão outras "vitímas" para crucificar, enquanto você se diverte, experimenta, enfim vive com plenitude. Você pode fazer o que tiver vontade, a única regra é: " respeite aos outros  assim com a ti mesmo".

          Você sempre terá o poder de escolher, portanto faça a escolha que a tua alma indica e não o que  os outros querem, afinal só você sabe o que te completa, o que te alegra.

       Beijos (muitos)  a TODOS!!!

JOSÉ MIGUEL DELGADO
Enviado por JOSÉ MIGUEL DELGADO em 13/10/2007
Reeditado em 13/10/2007
Código do texto: T692388

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (José Miguel Delgado - www.jmdelgado.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ MIGUEL DELGADO
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil, 56 anos
224 textos (35347 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 08:59)
JOSÉ MIGUEL DELGADO