Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De preferência...

Como eu queria dizer que estou sem palavras...
Más meu coração ainda está ao vento,
Sem canção,
Com todas as canções,
Perdido em tiroteio,
Bobo, feio, e muito psicológico.

Como eu queria gritar de certeza...
Mas minha única certeza é uma dúvida maior...
A cada dia,
A cada dúvida,
A cada certeza.

Como eu queria não querer nada...
E como não querer nada?
Nada quero.
Mais ainda espero...
Ainda espero...
PseuDomínio
Enviado por PseuDomínio em 16/10/2007
Código do texto: T697136
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PseuDomínio
Curitiba - Paraná - Brasil, 29 anos
6 textos (211 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 17:13)
PseuDomínio