Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cinzas

   Ainda é domingo e a lua ainda é cheia.
   Poucas horas antes choveu uma água triste e fugaz; Trouxe toda melancolia de um final de domingo. Trouxe a promessa de mais tristeza na lua cheia outonal...  Mas afinal, já é outono?
   Receio não ter sentido sua brisa tranquila e promissora em minha face, nem a clemência pacífica ao extremo calor dos trópicos. Nem mesmo o silencioso ânimo do frescor aeróbio notei.
   Será mesmo outono?
   A precipitação já é taciturna e rápida, cercada de um sentimento implícito no toque das gotas em solo, no toque de meus olhos ao nada molhado, no desejo furioso da natureza em dizer que faz-se triste e cinza nesta época do ano. Outono?
   O tempo não escolheu os grãos de areia que o vento iria carregar até aqui... Então, por um momento, esqueço o fim de tarde com chuva lúgubre; procuro a lua, ainda linda e cheia, ainda salvando-me.
Douglas Oliveira
Enviado por Douglas Oliveira em 19/10/2007
Código do texto: T700807
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Douglas Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
32 textos (1543 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 12:08)
Douglas Oliveira