Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESIGUALDADE

A desigualdade sempre existiu no mundo. Existem desigualdades de diversas espécies. A desigualdade social é a pior delas e dos governantes blá, blá, blá, blá, blá, blá e pouco se ver mudar. Outra desigualdade que incomoda muita gente é a desigualdade de tamanho, formas e meios .Só quem tem esse problema que sente realmente o que é, os defificientes, pela dificuldade de se locomoverem nas ruas, ônibus, edifícios ... Quanto à estatura das pessoas, aquelas que são altas ou pequenas e/ou gordas demais, encontram  dificuldades de encontrar roupas e sapatos. As roupas são mais fáceis, pois podemos remodelar o tamanho, porém os sapatos. O que mais me incomoda é que antigamente existia nas sapatarias o número 33. Atualmente, o número 33 virou artigo de luxo, pois passou a ser o nr. 34 na seção de adultos e o 33 ficou para seção de criança e, em geral encontra-se até o nr. 32. Conclusão, não encontro sapato. O 34 fica grande e o 33, além de ser de criança cheia de florzinha não suporta o meu peso que é de adulto. Para encontrar um sapato nesse tamanho é mesma coisa que ganhar na mega sena. Um horror! Aí é que entra a desigualdade. Os fabricantes deveriam olhar a clientela num todo, ainda existem pessoas que usam o nr. 33. Deve ser da mesma forma para quem usa o nr. 43, isso se tiver alguem que usa esse número. Só não entendo porque mudaram o tamanho do 33. Já que passou a ser 34, o formato deveria ser o mesmo. Uma vez eu li que é desigual tratar as pessoas iguais, pois cada pessoa tem a sua maneira de ser. A mesma coisa acontece com a cadeira. Uma pessoa de estatura pequena ao sentar fica com a perna no alto. Vemos que com relação a criança nas escolas algumas já se adaptaram ao tamanho das memas. E aos adultos pequenos, gordos e grandes? Que fazer?
maria do carmo alves marques de castro
Enviado por maria do carmo alves marques de castro em 20/10/2007
Código do texto: T701758
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (mcarmo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maria do carmo alves marques de castro
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
90 textos (3808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 02:34)
maria do carmo alves marques de castro