Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTEIRO E O POETA


     
O POETA E O CARTEIRO


Me vejo aqui sentada em uma poltrona,quando percebo letras se unirem e formando frases que me recobram uma história contada em  filme  e que as vezes me da medo de relatar   minha  opinião, por não saber qual será outras interpretações e o valor que  será dado ao que por mim foi visto, sentido e que  aqui  registrarei !...
Sei que vi o que senti; um quase analfabeto contratado como carteiro encarregado de entregar as correspondência de um grande poeta exilado e morador em uma ilha de belas paisagens inspiradoras para  pessoas tão quanto sensíveis  e onde distante de suas terras teve a oportunidade de ver problemas e a construção de uma vida singular e verdadeira que existiam na vida de Mario o simples carteiro,em busca de ser ¨grande¨ ,sim ,grande como homem.
E apesar das dificuldades e diferenças,  eu  tive a oportunidade de ver  com clareza o valor de uma amizade despropositada que hoje  pouco temos.
Foi através de ações simples que dois amigos Pablo  o poeta , Mario  o  carteiro sentiram que o amor não flui somente no romantismo ,no papel e na imaginação, ele pode ser palpável a todos seres sem distinção,e com isso o carteiro pode alcançar seu grande amor,o reconhecimento de uma de suas obras (poesia),mas, uma distância breve mas intocada separa-o de seu amigo,de seu amor ,seu filho e como as borboletas tão citada por ele seu ciclo havia terminado.
Assim ele o ator ,o roteirista,diretor e o ¨carteiro¨ nos deixa uma lição de vida .....viva,mas viva valendo a pena, de coração aberto,pois todo ciclo tem um fim...........

 

Débora Lecce

Debora Lecce
Enviado por Debora Lecce em 21/10/2007
Código do texto: T703792
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora Lecce
Mogi Guaçu - São Paulo - Brasil, 53 anos
15 textos (1229 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:28)
Debora Lecce