Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Senhor Juiz

Gostaria de protestar senhor juiz!!!

Protestar contra as misérias e mazelas que me aflige diariamente, Sei que este jogo é parte de um entretenimento de vossa senhoria e por saber que o senhor sendo dono deste jogo pode dizer basta a tudo isso, eu lhe peço: Esta na hora de acabar com tudo isso!!!

Folheando as paginas da Internet com meu mouse óptico vejo a miséria em paises do outro lado do mundo, sei que não precisaria nem atravessar a rua para ver isso, mas me reservo o direito de ser apenas peça deste tabuleiro.

Durante minha vida regada de ouro e prata a falta do diamante sempre me fez chorar, e isso faz de mim um ser mais fraco, mas por ser parte desse tabuleiro me reservo o direito do silencio.

Ontem mesmo navegando nos mares revoltos de meus pensamentos me veio a tua imagem e pensei que se tu podes acalmar o mar por que não sacie a fome dos que necessitam?
Como lhe disse anteriormente estou muito ocupado sendo apenas uma peça nesse tabuleiro.

Excelentíssimo Senhor Juiz gostaria de lhe dizer que a justiça que o senhor prega me da calafrio, será que amanha não serei parte importante para o termino de uma fase, sei lá, posso lhe trazer um Xeque-mate?
Se puder senhor faça-me um braço direito, e não me julgue por estar protestando...

Resposta

Ao atravessar a rua, de bom dia a aquela pessoa do lado de lá, ela precisa de uma palavra de carinho, pois esta pretes a suicidar.
Enquanto ao jogo, desde o começo lhe dei autonomia para o xeque-mate, mas você sempre esteve ocupado me fazendo perguntas, nas quais, você sendo o jogador poderia resolver.
Mova a peça para a direita e ira ver um velhinho que não quer comida e sim um tempo para que ele possa contar que fez parte da guerrilha do Araguaia, é mentira, mas isso o fará feliz.

Mova a peça para a esquerda e você ira ver um homem com aspecto físico normal, mas que precisa de uma oportunidade de emprego, quem sabe seu tio o ajude.
Mova a peça para traz e sacie a fome de pessoas e não tenha vergonha de dizer isso a todos que conhece, alguns amigos irão rir na mesa do bar que você estara bebendo e no qual a conta deu 12 Reais e 54 centavos, o preço de um saco de arroz, pois um deles ajudara uma instituição...
E para finalizar Réu lhe dei a oportunidade de fazer com que a miséria no mundo acabe, por favor não me venha com mais duvidas, apenas haja.
Saulo Paniago
Enviado por Saulo Paniago em 23/10/2007
Código do texto: T706867

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.protesto-pacifico.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Saulo Paniago
Palmeirópolis - Tocantins - Brasil, 33 anos
57 textos (2491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 07:03)
Saulo Paniago