Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
      
        Todo mundo quer saber a razão de tudo. Que as coisas tem um motivo isso é certo, mas porque querer SEMPRE  saber  a razão das coisas? Qual  a vantagem nisso? Só para discutir?

       "Benzinho, porque você não quer se divertir antes de dormir? Será que secretaria nova é a razão? "

       Acontece que o coitado (vem de coito, de f....) trabalhou como um cão, discutiu com o chefe e ainda por cima perdeu uma grana na corrida de cavalos. Você quer mais razões para tal atitude?
 
      Nem tudo precisa ser explicado, mas tudo deveria ser entendido. Como? Sentindo, olhando nos  olhos do interlocutor. 

     O  olhar diz tudo, explica tudo,  convence sem dizer uma  palavra. Os olhos sempre dizem a verdade, mesmo que você verbalmente esteja contando a maior mentira do mundo

Deus é tão sábio que não permitiu que os olhos fossem enganados pela razão. Os olhos falam a linguagem universal, não importando o idioma.

       Como já dizia Shakespeare, séculos atrás:
"Há mais razões entre o céu e a terra que imagina a nossa vã filosofia".
        Se há tantas razões, isso significa que não devemos buscar UMA razão e sim várias!!! Tudo tem várias facetas, varias interpretações, por essa razão não adianta querer encontrar somente uma possibilidade, um motivo, pois você nunca a encontrará, ela não existe. A unicidade, o absoluto não pertencem a esta realidade. Einstein já dizia isso. Tudo é relativo, tudo depende do ponto de vista

       Quando simplesmente aceitamos os outros como eles são, as razões não fazem mais sentido, pois saber o motivo não muda ou não deveria mudar o sentimento que temos em relação ao outros. Seja no ódio ou no amor, a razão perde muito o  sentido. Ou você acha que um pai que teve o filho assassinado por marginais quer saber a razão para tal fato? Ele quer os bandidos presos e fim!!!!

       Queremos saber as razões das coisas que fazemos ou que nos fazem,  para ter um contra-argumento, um contra-ponto. O ser humano adora discutir, mostrar as razões para tal celeuma,  sendo que muitas vezes o que mais queremos é o silêncio, a falta de motivos para fazer isso ou aquilo Simplesmente faze-lo porque nossa alma pede. Procurar menos razões,  nos dá mais tempo para a diversão, para o lúdico.

        A única razão para escrever este texto foi que não tive nenhum motivo especial em fazê-lo, mesmo que você ache que sim.  Mas acho que você vai achar um monte de razões por te-lo lido.

       

      

     
JOSÉ MIGUEL DELGADO
Enviado por JOSÉ MIGUEL DELGADO em 23/10/2007
Reeditado em 24/10/2007
Código do texto: T707168

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (José Miguel Delgado - www.jmdelgado.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ MIGUEL DELGADO
São Caetano do Sul - São Paulo - Brasil, 56 anos
224 textos (35344 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 05:15)
JOSÉ MIGUEL DELGADO