Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Principe Encantado

Quisera eu poder encontrar a cara metade de todos os meus amigos.
Só assim ao falar com eles tudo o que estou passando eles entenderiam plenamente.
Só assim eles poderiam compreender e acreditar que felicidade existe.
Que sonhar é preciso, e que amar e ser amada é maravilhoso.
Quando criança, ouvimos aquelas histórias de príncipe encantado e acreditamos.
Sonhamos em um dia encontrar o nosso.
Mas com o decorrer de nossas vidas, nossos sonhos vão se perdendo, deixamos de acreditar em muita coisa e a consequência é que deixamos de buscá-las, de procurá-las.
Achamos que tudo aquilo que ouvimos nunca existiu, e passamos a acreditar naquilo que a vida nos mostra.
Mas a vida às vezes, nos mostra muita coisa que não conseguimos enxergar porque não acreditamos mais.
E de repente tudo acontece. Tudo aparece. Tudo muda.
A vida nos surpreende e nos mostra que é preciso sonhar, acreditar, buscar.
Por que a recompensa vem depois...  achar. Ou ser achada.
Porque príncipe encantado existe.
Eu achei o meu. Ou será que fui achada?

Dedicado ao meu príncipe:
Bruno Monteiro de A. Oliveira
Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira
Enviado por Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira em 13/11/2005
Reeditado em 05/06/2009
Código do texto: T70817

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira
Cruzeiro do Sul - Acre - Brasil, 37 anos
16 textos (1060 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:46)
Cinthia Davanzo de Alcântara Oliveira