Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Epitácio e a onça

     Era o mais conhecido contador de causos da região. Crescera convencido de ter herdado do avô,a capacidade de despertar nas pessoas,o fascínio pelo desconhecido.Contava histórias de mula-sem cabeça,de mortos vagando pelo cemitério,de aparições nas estradas,deixando os ouvintes de cabelo em pé.                                                                                                 Certa noite,voltando de uma reunião,deparou com um quadro assustador. Atravessada no caminho,estava uma enorme onça pintada.O animal parecia dormir. Trêmulo de medo,o homem não sabia que decisão tomar. Se voltasse teria que contar aos amigos,que certamente duvidariam de sua afamada coragem.Se continuasse seria atacado.Só havia uma coisa a fazer:rezar,e foi oque fez. Rezava esganiçadamente,quando ouviu passos se aproximando.Surpreso e aliviado,reconheceu seu vizinho,que após abater com um tiro a onça,saíra do esconderijo para comprovar o éxito da caçada.Nada comentaram sobre as rezas e muito menos sobre as calças borradas do Epitácio.
vânia lopes
Enviado por vânia lopes em 30/10/2007
Código do texto: T716880
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
vânia lopes
Vespasiano - Minas Gerais - Brasil
461 textos (28286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:46)
vânia lopes