Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fala e não diz nada (--)

Era uma vez um político que fez um discurso mais ou menos assim:

"Vulgarizando a veemência da volúpia e da voz vibrante dos venenosos, que vêem vestígios da verdade vendada no vulto dos vilões e das vilãs, vaiamos verdadeiramente a vigência dos vínculos vomitados à volta da vontade que vele. E se sublinharmos as sobras da suma será somado ao suposto que seguidas simulações da sociedade, nas sendas sombrias da sede sentida pelos sentimentos sarcásticos, e se soubéssemos ser sérios sob uma similaridade simples, sentiríamos a soma de cada sentimento sobrecarregado aos silogismos sagrados. Enquanto a equalização dos enquadramentos equiparados aos enormes estoques de elos extintos, exorbitaremos em entradas enumeradas do exausto enlaçado nas etnias economicamente enquista."

Todos coçaram a cabeça, aplaudiram e votaram nele!
Fron Monseus
Enviado por Fron Monseus em 06/11/2007
Reeditado em 16/08/2009
Código do texto: T726547
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fron Monseus
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
133 textos (6909 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 20:09)
Fron Monseus