Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE DEUS CONSERVE CONSERVATÓRIA.....AMÉM

            Fui a Conservatória.
            Embora se o tino e o juízo me guardassem, nunca deveria ter
ido. Pois acreditem vosmecês, desde que voltei, "é essa saudade que
não sai de mim, não sai de mim.....não sai!"
            Pois lá a "minha vida era um palco iluminado, eu vivia cheio de
sonhos dourados" admirando aquele pedacinho de céu que é o lugarejo.
            Fui acompanhado da mais bela dama: " a deusa da minha rua"
e lá " perdemos a noção da hora e confundimos tanto nossas pernas '
que "ah se eu fosse menino"
           Conservatória, terra da serenata, onde se pode acompanhar os
seresteiros a pé, sob o luar, onde se pode impunimente gritar o nome
do seu amor no "tunel que chora" e já "derramou um rio de lágrimas" de
tantos amores que por lá já gritaram seus amantes.
          Conservatória, que tem uma rua assim e outra assim, ( singela
descrição de seu centro), com belos casarios antigos, a antiga estação
e a terna garupa da locomotiva 206.
           É la aonde a tranquilidade guardou seu cheirinho!!
          Ah Bandeira! Se tivesses ido embora prá Conservatória, tu terias encontrado tua Passárgada!
          Minha Conservatória, um dia "faça-me ser teu vigia, catando
a poesia que entornas no chão.
 
BARCEL
Enviado por BARCEL em 08/11/2007
Reeditado em 27/03/2009
Código do texto: T728579
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARCEL
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
26 textos (1537 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 16:41)