Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A morte do Chico.

A  morte do Chico

... e no entanto, se você analisar bem o mundo, você vai perceber cara, que ele se divide entre aqueles que acreditam piamente que depois desta vida a coisa vai continuar lá do outro lado e aqueles que acreditam que, após o desenlace, tudo se acaba. Aliás, segundo esse povo, não há um desenlace que isso mais parece casamento desfeito. A vida acaba ali, no ato. Na hora que o Home lá em cima passa a régua, fecha a conta, na hora que o carinha estrebucha, a vida pifa prá sempre. Não tem essas de céu, de inferno, de ficar no banco de reservas esperando pela próxima. A coisa é no mano a mano, no téte a téte. Isso significa que depois desta, você entra no Nada Absoluto! É isso aí companheiro, simplesmente o Nada Absoluto! Não tem acordo, não. É tudo na seqüência, certo? Agora, se você pedir prá um desses carinhas te explicar o que seja o Nada Absoluto, ele vai se embananar todo, vai te dizer que o Nada Absoluto é o Extrato da Ausência, que é o Átomo Precoce e outros bichos. Quer dizer...ele não te explica lhufas, você não entende nada e todo mundo fica satisfeito. Isso é física psicológica pura, coisa que até os astecas do tempo dos faraós que foram os maiores filósofos do mundo não entenderam direito. A coisa é complicada pacas, vai por mim. Eu vou tomar mais uma, vamos nessa? Pois então! Tudo isso não tem importância nenhuma, sabe. Tudo isso é dogma, é crença, certo? O que importa mesmo é a crença do sujeito, a religião dele. Ou o cara leva fé ou não leva. Se não fosse isso, nem despacho dava certo, né? E vai me dizer que você não acredita numa galinha preta na encruzilhada? Se você não acredita, eu quero ver você ir lá e bulir no troço. É ruim,  hein? É simples desse jeito. Tudo bem, você vai me dizer que a coisa não é bem assim, no taco a taco. Tudo bem, tá limpo. Sem dúvida, tem uns carinhas que parecem não pertencer a nenhum desses times de crentes. É o povo que fica na penumbra, no meio termo, mais prá cinza que black is beautiful. Tudo bem, eu também já saquei esses daí. Esse é o povo que vai na ginga, no requebro, dependendo do desespero do momento. Se tá tudo beleza, eles nem se lembram do Gesa lá em cima, podes crer. No entanto, no que eles dançam na primeira curva, já tão acendendo uma vela pro santo, fazendo promessa de andar de joelhos até Aparecida e essas coisas. Eles vão por inércia, né? Pede outra prá nóis aí. Mas..., nós vamos culpa-los de quê, me fala? Bicho, a vida na terra tem mais de duzentos mil anos, acho que até mais. Deve ter mais de milhão, cara. Milhão de anos, sacou? É ano que não acaba mais. Se fosse prestação, o carnê ia ter mais de um quilometro de altura. E o Homem, hein, me fala? Você bota aí uns dez mil aninhos e o safado era macaco ainda. Ninguém quer que o seu avô seja macaco, mas isso é teoria provada do Newton. Ocê saca o Newton, o carinha da transa da maçã que caiu na cabeça dele, né? O cara provou isso na matemática, no lápis, e não se fala mais no assunto. E o que ele falou, conta aí? Falou que era tudo macaco, tudo chimpanzé, companheiro. É mole, nego? Segura essa! Vai daí que o Homem não sabe lhufas de trufas, meu. Cara, se você tivesse visto o Fantástico domingo passado...Você viu? Não!? Cara, você ia ficar piradinho da silva de saber dos quantilhões e quantilhões de galáxias nebulosas e nebulíticas que tem no Universo. É planeta prá mais de quilo, meu. E isso quer dizer o quê, me diz, ahn? Quer dizer que não adianta ficar soltando foguete pro espaço que eles nunca vão chegar lá. A Lua tudo bem que é aí do lado, é moleza, tá maneira e no jeito mas, depois de Saturno o que é que vem, me diz? Dali prá frente é o maior retão, cara! Pede outra que essa eu pago! Cê tá entendendo a seqüência das idéias? A jogada é que os americanos e os russos tão mesmo é atrás da grana. O lance, malandro, é a grana...Eles devem saber onde deve ter ouro ou petróleo, por isso é que ficam enchendo o mundo de satélite prá lá e prá cá. Os caras tem a CIA a KGB e o escambau, é mole? Se não fosse isso, prá quê que ia ter essa correria toda no espaço, cara? Os gente-fina já descobriram a coisa e estão escondendo o leite, essa é que é a verdade. Isso tudo junto, bem somado e subtraído, é muita coisa prá cabeça de um cidadão classe média que nem nóis, que tá mais é trabalhando por uma sombra e que passa por essa vida sem pensar numa filosofia mais profunda, mais psicológica, não é fato? O carinha tá mais é afins de um varejo, fazer grana, trepar com mulher boa e ter crédito nas Casas Bahia. Só isso, prá quê complicar? Ele nunca vai chegar a ser como o Bill Gates, mas e daí? Esse é o povo que faz o mundo andar, ir prá frente. A psicologia dos filósofos do mundo inteiro diz que isso é capitalismo! Se não fosse o capitalismo, e é justamente aí que a grana rola solta,  os chineses não tavam agora tomando umas brahmas descoladas que nem essas aí, certo? A negada lá só conhecia a cachaça de saquê que é um tipo de fruta que dá por lá. Um troço horroroso. Precisa mais prova que isso? Sucede então que o mundo é bem definido, presta atenção, a gente só precisa saber de que lado está o cidadão, o país e os filósofos. Tanto faz uma teoria ou outra que no fundo, no fundo, se você pensar bem, é tudo uma merda, né? É só saber separar as coisas. Tudo tem o seu lugar próprio. A vida já me ensinou e eu já tenho um bocado de anos nessa praia, que o cara que acredita realmente só pode construir, porque é um cara decidido. Se você não toma uma decisão, vai acontecer o quê, me fala? Nada, pôrra!  Pede outra que essa eu pago. Tá acompanhando as idéias? Eu sei que é difícil, mas filosofia é assim mesmo. Tem que estudar muito prá entender. Veja só a luta suja e fedorenta que é essa pôrra de política. Veja a caçambada de gente que tá metida na política, a quantidade de gente que tá afins de um posto de decisão. Você pode morrer de dizer que isso é uma luta suja e fedorenta que, no fim, a luta suja e fedorenta vai continuar, certo? Não tem choro nem vela. Por isso que eu acredito nessa teoria de idéias. Eu acho até que é mais um estilo de vida em função da morte. Uma coisa meio estilosa, saca? Essa é a transa fundamental do Homem. Todo o Universo infinito é apenas pensamento puro e simples. Tudo é mente, tudo é energia. Se não fosse essa energia do Universo essa lâmpada aí do teto não acendia, concorda? Agora, os carinhas lá na China e no Japão tem os monges e aquele lance das lutas marciais e tudo mais. Só que esse negócio, todo mundo sabe, não é prá dar porrada não, é prá ensinar a filosofia oriental, daquelas brabas, ensinar que o carinha tem que ficar só na dele, meditando e essas coisas. Lá, não é que nem aqui, não. Eles pegam os moleques desde pequeninhos assim, e botam eles prá virar monge, é mole isso? Isso quer dizer que quando o cidadão já tá com a nossa idade, num dá prá encarar, né? É só querer dar uma porrada nele que o japa derruba uns vinte em dois minutos. Tem monge chinês que não adianta nem dar tiro que o cara desvia na hora. É  por isso my friend, que a morte é um tremendo mistério e até hoje ninguém conseguiu saber se dói ou não. Todo mundo acha que sim, por isso que a gente fica na maior treta quando pensa nela. Acontece que ela só dói enquanto o sujeito ainda tá vivo, esmigalhado por um trem, por exemplo, perna prá cá, braço prá lá. Ninguém até hoje perguntou prá morto se a coisa dói ou não, certo? Vâmo pedir a última e essa a gente racha, tá? Veja o caso dos turcos. O Maomé com aquele lance da morte venturosa faturou um império que rendeu mais de mil anos e ainda dá lucro. Os caras tão se explodindo de avião por aí em tudo que é restaurante e supermercado e tão morrendo dando risada, é mole? De outro lado tem os italianos que fazem o maior carnaval cada vez que um morre. Eles choram semanas a fio. E tem outro lado ainda,  como os africanos que fazem as maiores orgias cada vez que um pifa. Como o povo lá não para de morrer, a vida prá eles deve ser uma festa, né? Tá entendendo a transação? Eu não lamento tanto a morte do Chico. Eu sei que não deve ter sido fácil e que doze andares é altura pacas, mas tudo isso é apenas uma questão de um ponto de vista material, do corpo, mas não da mente! Tudo é energia, cara! Se o Chico que tá lá, estendido no caixão, aliás cara, do jeito que ele ficou não deu prá estender muito mais que aquilo, chegou em algum lugar onde a coisa continua, tudo bem, tá limpo, tá com Deus, né?  Se, por outro lado, prá onde ele foi não tem nada e é o tal do Nada Absoluto, então xará, também não tem crise, certo? Ultiminha? Prá fechar? Que horas são? Sete e vinte? Mas, já?! Pôrra, perdemos o enterro do Chico, cara!

Henrique
Henrique Natividade
Enviado por Henrique Natividade em 22/12/2004
Código do texto: T738
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Henrique Natividade
Peruíbe - São Paulo - Brasil, 66 anos
2 textos (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/16 00:42)