Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

= MAIS PROFUNDO QUE UM DESTINO ACIDENTAL =

                          Em 2004...
     Hoje, coloquei o café na cafeteira e fui tomar banho...
Faltou luz, tomei banho frio e descobri que não era tão frio
Mas estava chateada porque não iria tomar café...
Quando terminei o banho, a luz chegou... Que felicidade!
Desistisse eu do banho, ficaria sem os dois...

    Nem tudo é exatamente como a gente quer. Mas se for parte, já é ótimo!
                         ...Agora em 2007
    Foi uma experiência de um dia, continuo impaciente da mesma forma.
    Eu sei que saber esperar, não radicalizar, beneficia muito, mas isso não faz de mim uma criatura calma e paciente.  Sou a pior das criaturas: aquela que nunca ninguém imagina como irá reagir diante de tantos fatos. O que me salva é que tenho bom humor e rio de qualquer piada porque nunca me lembro de nenhuma... De vítima dos maus contadores de piadas de plantão - e creia-me que são muitos! Passo a ser sua musa. E reflito o quanto me torno feliz ao rir de piadas antigas e quanto faço os péssimos humoristas felizes por rir, quando não de suas piadas, de suas pífias performances e de mim mesma!
    Não importa o fundo amargo que possa conter o seu sorriso, esforce-se, solte-o e logo perceberá que está rindo de verdade.
     Da minha parte já aprendi: Rio dos meus desesperos... Rio, não gargalho que a gargalhada é muito mais profunda que um desatino acidental...
Deusa Urbana
Enviado por Deusa Urbana em 17/11/2007
Reeditado em 19/11/2007
Código do texto: T741031
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deusa Urbana
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
108 textos (4116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 21:11)
Deusa Urbana