Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA RECEITA DE FELICIDADE

O desgosto e a alegria dependem mais do que somos do que das coisas que nos acontecem. De maneira quew se alguém lhe fechar a porta, não gaste energias com o confronto; procure os caminhos alternativos. Lembre-se das águas que nunca discutem com os seus obstáculos; porém, os contorna, envolve, molda, domina ou os consome. Assim como o homem constrói diques, barreiras e reprezas, as águas se reúnem, aumentam de volume e nível, e, de tempos em tempos, a cada tempo, as águas demonstram o seu poder e superam tudo; e assim, o ciclo continua. Vivemos dias incríveis, coisas fabulosas aconteceme a destruição humana é absoluta, no entanto, a natureza luta pela vida e então faz com que as coisas de "certa forma",  voltem o mais próximo ao normal. Então, acontecem as catástrofes; estas, não vem como desolação, embora as provoquem, mas como fator de equilíbrio, efetuando o balé da vida  e rebuscando o equilíbrio natural. O homem, agride; a natureza, responde. Sempre!
Lembram-se do Tsunami da Indonésia e do Catrina em S. Francisco? Pois é ; os corpos alimentaram os micróbios, que alimentaram os minúsculos, que alimentaram os insetos, que alimentaram os anfíbios, e estes, aos répteis e aves; estes, aos carnívoros, etc,etc,etc...Assim, a natureza seguiu seu rumo à vida. A lei da Selva, nunca esteve tão presente: "É preciso que um morra, para que muitos outros possam sobreviver".
Por isso, antes de fazer alguma coisa, lembre-se de que a lei que vigora na vida, é a "Lei do Retorno": Tudo que vai, vem; que sobe, desce; que se dá, se recebe. Não há como fugir disso; por isso, o mundo é redondo.
Pense assim: "Como será que estará o mundo daqui a déz anos? E como eu estarei? O que eu terei conquistado? E o que eu for ou tiver, será que ha de ser o resultado do que eu planto hoje?" Com certeza! Portanto, se você insistir  em errar agora, o amanhã... É, você precisa direcionar, ou redirecionar a sua vida. E que tal investir-mos em mudanças hoje? À começar, como você se trata, como interage contigo mesmo e por conseqüência o teu próximo e os demais ao redor? Mas, e eu? O que posso falar de mim? Eu? Vou aprender com os meus erros e conselhos e tentar "aprender à mudar."
Pois mudando hoje, eu sei que terei algo melhor pra colher amanhã, e assim ser feliz.  Felicidade, alvo maiór que a riqueza, delírio de consumo de onze entre cada dez aficcionados. Felicidade, único argumento queque justifica claramentea opção pela pobreza.
Felicidade: Combustível do viver.
Por Horácio F. Costa.                            Em 19/11/2007
tropporj
Enviado por tropporj em 20/11/2007
Reeditado em 20/11/2007
Código do texto: T744182
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tropporj
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
278 textos (10175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 11:06)
tropporj