Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PULMÃO DO MUNDO!

Amazônia:Eterna insônia!
 

Se vivemos num dilema, é porque ainda não encontramos a solução para tal.Quando e como a encontraremos, se é que vamos encontra-la um dia? E então nesse dia, com certeza iremos respirar com prazer e júbilo. Por isso devemos estar dispostos a lutar em prol não só da Amazônia, mais do meio ambiente como um todo e se à  Amazônia é por onde devemos começar, é por lá que começaremos. Dizem que à Amazônia é o pulmão do mundo, se isso é correto, então a submeteremos a um tratamento, capaz de extrair todas sujeiras acumuladas ao longo de muitos anos de total e completo descuido. Se nem mesmo aqueles que sempre dependeram única e exclusivamente dela para sobreviver, não estão dando a mínima para este bem tão precioso, considerado patrimônio da humanidade, quem o fará? Vimos que ate mesmo os índios estão se aproveitando das nossas fracas, quase inexistentes leis, para devastar essa que no passado deu o sustento para seus antepassados e mesmo agora de maneira torpe continua a dar, mesmo que sendo sacrificada de forma cruel e desumana, que só mesmo um ser humano é capaz de tamanha idiotice. Em pouco mais de um século já consumimos quase toda a reserva biológica existente em nosso planeta, algo que demonstra nossa incompetência em lidarmos com o meio ambiente, nossa eterna e escassa fonte de vida.
Exemplo claro disso, é que todo o mundo esta sofrendo com o desrespeito do homem, esse ser capaz de atitudes belas, mas ao mesmo tempo se mostra capaz de gestos e ações que estarrecem o mundo, cada vez mais. Tais como, as guerras em nome de religião, de territórios e ate de florestas, ilhas e paises inteiros, nações, um descalabro se comparamos tudo isso aos muitos famintos e miseráveis, existente no mundo, pobre mundo! Muitos governantes, gente de todo mundo influente ou não, começam a demonstrar o mínimo de preocupação com o pulmão do  mundo, esse órgão tão frágil e vulnerável, a ganância desmedida e mórbida, que nos assola cada dia mais. Muitas tentativas em prol do meio ambiente, estão sendo tomadas embora sem sucesso devido a interesses de países que julgam seus desenvolvimentos maiores que as prioridades já a muito demonstrada por eco sistema que morre muito a cada dia. Vemos a sede, a fome, à miséria de um modo geral numa crescente incontrolável que nos obriga a sermos radicais, tomaremos providencias urgentes ou deixaremos de existir, isso é um fato e não adianta tentar nos fazer acreditar que um novo planeta pode ser descoberto e habitado, porque isto é impossível.Parem para pensar um instante! Alguém ainda é capaz de imaginar que seremos auto-suficientes para descobrir e cuidar de um outro planeta, se não fomos capazes de cuidar da terra, o planeta onde nascemos e deveria ser nosso dever mantê-lo vivo? Muitas reuniões estão sendo feitas e elas sempre encontram obstáculos para se prosseguirem devidos a interesses.
Uma esta sendo promovida em Johanesburgo, na África do sul, propostas é enumeras, mas  providências nenhuma, como já podemos ver em outras ocasiões, como em noventa e dois, no Eco Rio daquele ano. Agora esta mesma reunião está sendo promovida com nome de “Rio + dez“ é algo com muita boa intenção, mais como diz o ditado popular que de “boas intenções o inferno tá cheio”. Mas a gente torce que dessa vez as coisas podem ser diferentes,  mais isso é muito difícil pois já surgem muitas manifestações, contra e a favor. Não podemos deixar que prisões de madeiras de lei, como o mogno, jatobá entre outros, sejam apenas prisões, pois devemos apreende-las e em seguida da um destino a elas. Como na fabricação de carteiras escolares, construção civil, e moveis com preços mais módicos, para as classes menos favorecidas, essas são apenas algumas das muitas opções para o destino dessas madeiras que acabam apodrecendo nos leitos dos rios da Amazônia. A critica sem uma solução acaba sendo uma critica destrutiva, algo que não ajuda ninguém e só temos a perder com elas, mais quando a critica vem acompanhada de uma opinião que seja útil, ela trás crescimento e amadurecimento para seu povo. Até mesmos os peixes exóticos que habitam seus rios, estão sendo pescado de forma predatória, assim como suas riquezas, minerais e vegetais estão sendo arrancadas de forma gananciosa.
Embora o Brasil seja um país privilegiado, ao chegar ao século vinte e um com a maior reserva de água potável do planeta, isso não é uma vantagem muito grande, devido à cobiça que em alguns anos pode recair sobre esse grande manancial. Agora devemos lembrar que esta manancial esta localizada numa região de proteção ambiental, mas não temos vistos isso as verbas, os fiscais são poucos, tudo é escasso naquela região. Mais não podemos assistir a tudo isso sem nos mover, como se isto não nos interessasse, afinal somos os que mais necessitamos desse eco sistema.
 


ASS: Luiz Miguel

Luiz Miguel
Enviado por Luiz Miguel em 21/11/2007
Código do texto: T746246
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (mpoeta12@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Miguel
Belo Vale - Minas Gerais - Brasil, 47 anos
45 textos (34311 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 20:50)
Luiz Miguel