Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu jeito de me apresentar

Sou novata aqui, mas já me sinto entre amigos.

Por estar à vontade vou falar um pouco de mim.

Em se tratando de São Paulo, eu acredito que não haja alguém com endereço mais central do que aquele que tive. Afinal, morei no Páteo do Colégio n° 1 - 2º andar, devidamente comprovado no meu cartão de participação de nascimento.

Pois é, além desse endereço ímpar, também tive meu nascimento participado em grande estilo, já que era moda naquele tempo os anúncios de nascimentos nos jornais, fortes concorrentes dos obituários.

Provinciano para alguns, glorioso para mim que não tenho o pudor de alardear isso, via internet, divertindo quem me lê.

Os arredores dali, mais pareciam o quintal da minha casa, e foram cenários para muitas fotos de infância.

Não dá para deixar de contar que a São Paulo da garoa está indelével na minha memória com registros como a da festa do IV Centenário da cidade, que presenciei da janela do meu quarto de frente para a Praça da Sé, seu marco zero.

Naquele dia vi artistas alemães andando no arame sobre a praça e uma chuva de prata caindo do céu, enlouquecendo a multidão.

Mais prosaicos eram os passeios com a família pelo viaduto do chá e adjacências nos idos anos 50.

Coisas assim nâo se esquece jamais.

Como nem tudo na minha vida é saudosismo, devo dizer que hoje moro numa cidade deliciosa, a beira mar, a linda Itanhaém, antiga cidade histórica paulista, onde Anchieta descansava numa cama de pedra, um dos nossos pontos turísticos.

Com o tempo falarei mais de mim já que ando perdendo antigos pudores. Só me falta inspiração.
Só Suely
Enviado por Só Suely em 28/12/2005
Código do texto: T91518
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Só Suely
Itanhaém - São Paulo - Brasil, 68 anos
6 textos (556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:35)
Só Suely