Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Raros Momentos

Como definir um "Raro Momento"? Não dá! Eles existem somente para sentir; Raros momentos são como grãos de areia, folhas sopradas ao vento, calor na pele, coração aquecido, sabor de chocolate, sabor de beijo, sabor de Amor. São beijos com sabor de brilho roll-on de morando, o tremor de sentir a mão sendo segura, olhar a barriga crescer e saber que ali encontra-se uma vida, olhar um casal de velhos namorando, olhar crianças, assistir ao nascer do sol, caminhar na areia ao pôr do sol, escutar mamãe pela primeira vez, escutar e dizer eu te amo pela primeira vez; Se despedir de um ente querido, dizer adeus ao ente querido; Seja bem vindo em minha vida ao fazer um novo amigo, gravar um cd e dar a uma amiga para que ela tenha algo seu; Passar no vestibular, primeiro emprego, primeiro salário; O rolar de uma lágrima. Cicatriz daquele tombo de bicicleta, a sensação de voar ao andar pela primeira vez de bicicleta; a primeira poesia; xícara de café quentinho; O primeiro sim, o primeiro não; Um abraço inesperado, um beijo roubado; Guerra de travesseiro, festa de camisola; Fundir-se ao corpo amado, encontrar aconchego no corpo amado; Um até logo, um oi, um até um dia; Beijo de mãe, colo de pai, carinho do filho, abraço de um amigo; receber rosas, flores do campo ou margaridas...
 E quando estes raros momentos se vão, deixando somente a sensação de algo perfeito e muito especial  buscamos logo associar-lo à algo sólido, assim o vento pode espalhar, mas o tempo jamais irá apagar. É como  se quisessemos tatuar no coração, corpo e alma...Tatuagem que pode vir em forma de música, algum objeto, sabor de comida, nuvens no céu, chuva, filme, um livro, uma peça de roupa, aquele gibi guardado na gaveta, aquelas lembrancinhas guardadas naquela caixinha - aquela de sapato- ; o odor de um perfume, o cheiro do mar, ou de mato, daqueles que tem um lago; Ou até uma tatuagem real .
O que realmente importa nestes momentos, é viver-los com intensidade, com despreendimento, com respeito, com paixão, com a certeza que serão únicos e especias.
Para se viver um "raro momento" é somente não ter medo ou receio de viver .




Tânia Aranha
Enviado por Tânia Aranha em 03/04/2005
Código do texto: T9489
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Aranha
Fortaleza - Ceará - Brasil
26 textos (3134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:30)
Tânia Aranha