Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu hoje quero jogar muita coisa fora

Já ouviram aquela música dos Paralamas que diz assim: "Eu hoje joguei tanta coisa fora, e vi o meu passado passar por mim..."? Foi justamente o que eu prometi fazer hoje, jogar todas as velharias no lixo... Mas peraí, vou conceituar velharias para vocês. Toda e qualquer coisa, situação ou pessoa do passado que em algum momento me fez sofrer, raiva, invejas, rancores, culminando assim em lembranças,sempre muito tristonhas... Velharias e objetos inúteis para o nosso crescimento e melhora.
Cheguei a conclusão que elas pesam na Alma, e sem dúvida nenhuma a marca de uma forma que muitas vezes torna-se eterna.
Triste consciência marcada pela perseguição destas velharias que muitas vezes nem sabemos que carregamos. Muitas vezes
Bela música dos Paralamas... E como eles mesmo cantaram: " A casa fica bem melhor assim...". Sofrer porque? Amor? Não. Raiva, ódio, rancor? Nem pensar... Só a saudade é válida. E saudade daqueles que nos fizeram felizes, saudade daqueles que foram importantes, são e nunca deixarão de ser importantes.
Vamos pessoal! Quem muitas coisas fora! Joguem o motivo do tempo perdido. Joguem!
Joguem as dores e sofrimentos! Para que carregar peso tamanho? Não estamos em busca da felicidade? Não estamos em busca do amor verdadeiro? Para que enlaçar sentimentos e recordações que não formaram situações reais, situações que merecessem mudar nossas vidas!
Pensem!
Não é melhor semear aquilo que se quer collher, para não ter tanto lixo a carregar?
Mesmo que alguns contratempos, divergências aconteçam. Serão não mais que recordações que não pesam. E sabem porque? Porque nos ensinam. Nos fazem aprender a escolher.
Escolhamos o céu que irá pairar sobre nossas cabeças... Os Paralamas dizem que o de Ícaro tem mais poesia que o de Galileu...
Quem sabe este não seja para nós?
Laine
Enviado por Laine em 06/01/2006
Código do texto: T95431
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laine
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 34 anos
58 textos (37824 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:41)
Laine