Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GUIA DE VIAGEM

                    GUIA DE VIAGEM

     
     Se você está cansado de ser passado para trás, se sente pequeno, porque mal de você vivem a falar, se julga incapaz de amar, e vive chorando por ser infeliz, siga este guia de viagem.
     Vá a um lugar desconhecido, onde você não conheça ninguém. Peça a passagem: resolve tudo! Pague, e vá a um lugar no qual você possa ficar sozinho, sem ninguém para lhe incomodar.
     Comece, então, a fazer os planos para essa viagem.
     A solidão sempre foi sua companheira e não é nessas horas que ela vai lhe deixar. Pense no verde, no vermelho, no azul, pense que sua viagem vai rumando para o sul. Pense naquilo que você nunca  poderá possuir; sobre todas as maldades que falam de você, na crueldade das pessoas. Pense sujo, pense feio, pense no sentimento alheio, pense na sua solidão, pense numa contravenção! Pensando, assim, você certamente seguirá viagem rumo a um lugar solitário, colorido, onde o êxtase maior é o alívio de fugir de tudo o que lhe aflige.
     Você pensa que não mais voltará, nunca mais para aquele mundo que tanto lhe maltrata, que lhe odeia; mas é uma viagem breve, e você acaba querendo permanecer neste paraíso mais alguns dias, com aquela sensação de liberdade. Seu dinheiro começa a acabar, e você só pensando em comprar passagens para lá um dia retornar. Tudo você esquece quando está a viajar, contudo, depois que a viagem chega ao seu fim, você retorna à realidade, que será mais cruel ainda, porque, além de você ser um fraco, tornar-se-á, também, um viciado.
     Esta é uma dica para você viajar, mas é só para quem não possui autoconfiança ou não ama a si próprio, além de se autodesprezar; porque você tem medo de enfrentar a realidade, e acredita em demasia naquilo que os outros lhe dizem, e não pensa nas pessoas que realmente lhe amam.
     Se você não conseguir lutar para ser feliz, vai acabar, certamente, seguindo este guia de viagem. Agora, se você é “normal”, encarando tudo “na boinha”: trabalhe, junte a “grana” e vá passar uns dias nas praias da Bahia de todos nós e de todos os Santos.


ELAINE BORGHI
verão de 2006
ELAINE BORGHI
Enviado por ELAINE BORGHI em 09/01/2006
Código do texto: T96257

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor (Elaine Borghi) e o link para o site www.recantodasletras.com.br/autores/elaineborghi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ELAINE BORGHI
Campinas - São Paulo - Brasil, 42 anos
56 textos (1486 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:35)