Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Maltratando "A flor do lácio" Se você é petista não leia!

Todo jornalista trai a sua consciência, ao fazer uso da imparcialidade. Por outro lado, ao fazê-lo, exerce sua função com brilhantismo. Como não sou jornalista e apenas escrevo o que penso, não tenho que trair a minha consciência e muito menos concordar com uma aberração dessas. Pasmem!

"Minutos antes do começo da gravação do Roda Viva no Palácio do Planalto, o jornalista Paulo Markun aproximou-se do presidente Lula para combinar um derradeiro detalhe. Em meio às palavras de encerramento, o âncora diria que estava entregando a Lula uma trilogia com as melhores entrevistas ocorridas desde a estréia do programa da TV Cultura, 18 anos atrás.

Com expressão curiosa, digna de um analfabeto de pai e mãe, (que aliás ele mesmo declarou com suas próprias palavras, que sua mãe nascera analfabeta! Sinceramente, eu nunca soube que alguém tenha nascido alfabetizado) Lula apanhou os livros. Antes que se sentisse logrado, Markun informou que só o primeiro volume fora concluído. Os outros, ainda em preparação, paravam na capa. As páginas estavam em branco. Lula devolveu o que estava pronto e folheou os desprovidos de palavras. “Isso é que é livro bom”, comentou. “A gente nem precisa ler”. O entrevistado estava feliz. Os entrevistadores exibiam sorrisos constrangidos.

Ninguém no estúdio improvisado aparentou surpresa. Todos conheciam a aversão de Lula à leitura - qualquer tipo de leitura. “Ler é pior que fazer exercício em esteira”, confessou há tempos o presidente de um país atulhado de analfabetos, com um sistema educacional precário, incapaz de absorver multidões de crianças traídas.

Milhões de meninos no Brasil, tão pobres quanto Lula foi (ou ainda mais miseráveis que o provador de biritas), enfrentam fome crônica e carências inverossímeis para assimilar conhecimentos. Essas crianças valentes não merecem ouvir do presidente de uma nação o elogio da ignorância."

Lula nunca leu nem gibi do patinhas, discursa pelo mundo falando abobrinhas e não escreve uma só frase sem cometer erros graves de Português. "Mas, os chefões do PT, amparados por intelectuais demagogos, decidiram que um migrante nordestino promovido a líder de massas, deve ser dispensado de cobranças elitistas." Lula foi diplomado pela escola da vida. Ganhou o direito de, impunemente, maltratar a “A flor do Lácio” e dizer tolices sobre tudo. Pensar o contrário é conservadorismo, mania de preconceituoso.

Sem trabalhar há quase 30 anos, o borracho nordestino teve tempo de sobra para jogar algumas peladas também no campo do conhecimento. "Não estudou porque não quis. Não aprendeu lições básicas por pura preguiça. Poderia ter seguido o bom exemplo de companheiros como o deputado Vicentinho. Ex-presidente da CUT, formou-se em Direito já quarentão. Lula não precisa de canudos." É um doutor de nascença.
(Especializado em borras de melaço de cana-de-açúcar)

"A bordo do AeroLula, recusa-se a passear os olhos por duas ou três páginas produzidas (com letras gigantescas) por assessores teimosos. São informações elementares sobre o país onde vai pousar horas mais tarde. Lula despreza até esse punhado de registros históricos, geográficos e econômicos. Leitura é pior do que enfrentar denuncias de corrupção do seu governo. Sei disso porque acompanho o jornalismo e coleciono as histórias que com certeza entrarão na sua biografia, quer ele queira ou não."

Além de analfabeto é historiador.  Sua última, foi inventar uma invasão da China por tropas de Napoleão Bonaparte.

Como diria o professor Raimundo: " A inguinorancia é que astravanca o pogressio"
 
"Tempos atrás, Lula chegou para uma reunião sobraçando uma folha de papel com anotações manuscritas. Os garranchos denunciavam o autor: fora ele quem escrevera aquilo. Os fotógrafos capturaram os rabiscos com penosa nitidez. Comprovou-se que Lula ignora a grafia de palavras escritas corretamente por crianças de jardim da infância. A maioria dos jornais passou ao largo do escorregão.

A boa formação intelectual não transforma um governante em estadista. Mas nunca houve um estadista que não soubesse ler e escrever." E ele quer se reeleger!




Vincent Benedicto
Enviado por Vincent Benedicto em 12/01/2006
Reeditado em 28/01/2006
Código do texto: T97693
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vincent Benedicto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
477 textos (144381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:54)
Vincent Benedicto