Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enquanto o papa não morre.

          Vivemos em um mundo onde tudo passa por uma assessoria. Hoje, por exemplo, esperamos a assessoria de Daniela Cicarelli confirmar se ela está realmente grávida ou não. Bem, pelo pronunciamento oficial, está. Agora, esperamos a assessoria do papa confirmar se ele morreu ou não. Como assim, confirmar se morreu ou não? Assim mesmo, ora bolas. Ou vocês achavam que era só ir morrendo, sem mais nem menos? No seu caso, ilustre anônimo, pode até ser que sim. No do papa... A história é completamente outra. Tem que ter um suspense. Uma emoção. Tem que causar impacto. E enquanto a digníssima assessoria não se manifesta, os boatos tomam conta do cenário. Alguns especulam que sim. Outros dizem que ainda é muito cedo para saber. Ou melhor, para o povo saber.

          Vai entender o que está realmente acontecendo! A imprensa, é claro, sai na frente e garante o furo. Vai morrer mesmo, não é? Vai. Um dia vai. Na dúvida, espalha aí a manchete. Quem divulgar primeiro ganha um doce. E se colar, colou. Mas os beatos não querem saber de nada disso. Para eles, fofoca não conta, o que importa é o pronunciamento da assessoria. Só assim o papa morre mesmo. E descansa de uma vez, que é o que ele mais precisa depois de toda essa balbúrdia. Santo homem.

          Falando sob essa ótica parece até que é pouca coisa a morte da Vossa Santidade, parece até que é carnaval. Mas não é. Muito antes o contrário. A troca do papa é como mudança de milênio. É o começo de uma nova era. O papa reflete muito a sociedade. Reflete o que os católicos defendem. Reflete o que os protestantes contestam. Reflete o que a Humanidade quer para o seu futuro. Que venha o novo papa e que ele seja novo em todos os sentidos, principalmente nas idéias. Que venha o novo papa e que a sua prioridade não seja proibir a pílula ou falar latim. Que venha o novo papa e que ele não se esconda em seu pequeno castelo feito todo de ouro que fica ali, bem ali, na cara daquela imensidão feita de miséria que é a África. Por que por mais que esse papa tenha viajado, não foi muito longe do conservadorismo católico. Que venha o novo papa e que ele entenda que amar a Deus é muito mais do que temê-lo.

          Esperemos então! A morte do papa, o filho do Ronaldo, o pronunciamento da assessoria. De ambos.

publicado no site www.mulherdesardas.weblogger.com.br em 01/04/2005
Mulher de Sardas
Enviado por Mulher de Sardas em 05/04/2005
Código do texto: T9860
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mulher de Sardas
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 36 anos
50 textos (9999 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:12)
Mulher de Sardas