CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

COMUNHÃO

O que significa? Como vivê–la? Resultados práticos?



Falar é fácil difícil é viver o que se fala.
Viver na prática o que está na mente não é uma tarefa simples, especialmente quando se trata do aspecto transcendente (abstrato) da existência, porque envolve o que pode está além do invisível.



O QUE SIGNIFICA COMUNHÃO?

Significar o que seja comunhão, especialmente, quando relacionada à vida espiritual implica despir–se de sentimentos religiosos, preconceitos, ideais, etc.
A expressão é bastante comum enquanto o sentido é desvirtuado ou ignorado, independente de segmentos sociais.

Na língua original do Novo Testamento (grego), a palavra usada para significar o que a Bíblia quer dizer quando fala sobre comunhão é koinonia, que entre outras coisas pode ser entendida como: participação, comunicação, contribuição, intimidade, cooperação.

 Conforme o Aurélio:
1) Participação = “ter ou tomar parte” – tem a ver com envolvimento;
2) Comunicação = “capacidade de trocar ou discutir idéias, de dialogar com vistas ao bom entendimento entre pessoas” – tem a ver com relacionamento;
3) Contribuição = “concorrer (juntar-se para uma ação comum) com outrem nos meios para a realização duma coisa” – tem a ver com unidade;
4) Intimidade = “atuação no interior” – tem a ver com o ser parte de um todo;
5) Cooperação = “trabalhar em comum” – tem a ver com abrir mão de interesses individuais.



COMO VIVER A COMUNHÃO?

Acreditamos que dependerá muito mais de uma atitude mental, uma disposição mental, do que mesmo uma certeza exterior de que se precisa viver em comunhão.

Quando temos a disposição interior, fortalecemos o propósito e lutamos por alcançar as metas estabelecidas.

A demonstração mais simples de que sem disposição interior é impossível ter ou viver em comunhão, está na vida da Igreja: exteriormente valoriza demais a comunhão enquanto ritual sacro, sem a necessidade de levar a sério a oportunidade de repeti-lo sucessivamente ou vivê-lo cada momento, independente do contexto.

A comunhão será real quando o homem entende o sentido da palavra, conhece o DEUS Altíssimo e deseja ter o mesmo sentimento que houve em CRISTO JESUS (Filipenses 2:5–11).



RESULTADOS DA COMUNHÃO?

Harmonia entre os seres humanos, entre estes e o meio ambiente, entre a criação e o SEU CRIADOR.
fchagass
Enviado por fchagass em 19/09/2008
Reeditado em 03/10/2008
Código do texto: T1185615
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
fchagass
Arcoverde - Pernambuco - Brasil, 56 anos
7600 textos (317114 leituras)
1 e-livros (153 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/14 02:46)

Site do Escritor