Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Discurso de minha alma...

Uma certa tarde, tentei persuadir uma alma, a disse que o amor não existia e a fiz jurar que não amaria. Ela assim fez, hoje ela reza por acreditar naquele juramento, e acredita que suas rezas, orações de nada adiantam. Pobre alma! Tentou sorrir e só consegue chorar. Só hoje descobri que a alma que foi ferida é a imagem que vejo no espelho.


02/07/2005
Tatiana Marques (Tath)
Enviado por Tatiana Marques (Tath) em 26/06/2006
Código do texto: T182744
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tatiana Marques (Tath)
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
554 textos (19859 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:38)
Tatiana Marques (Tath)