Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manifesto pela PAZ

Diante do estágio de violência implementado e estabelecido no Líbano, com os conflitos envolvendo o Estado de Israel contra o grupo islâmico Hizbollah, causando inúmeros transtornos, como destruição de estradas, pontes, edifícios e mortes de militares e civis, vimos a público manifestar contra a guerra e em favor da Paz.

Sabemos que estas ações bélicas, fundamenta-se nas transformações sensíveis do mundo capitalista do pós-segunda guerra mundial, quando nasceu o Lar Judeu, e houve a não aceitação da divisão da Palestina, por parte de alguns Estados, como o Egito, Síria, Líbano, Transjordânia e Iraque. E assim tivemos conflitos iniciais que foram vencidos pelos israelenses, que acabaram por anexar alguns outros territórios para si, enquanto que os palestinos foram expulsos da terra e acabaram buscando exílios nos paises  árabes vizinhos. e para resolver a questão em 1959, foi criado a OLP-Organização para a Libertação da Palestina, liderado pelo já falecido Yasser Arafat. A partir de 1970, houve a saida da OLP do território jordaniano e este organismo instalou-se no sul do Líbano, e daí temos o início de um processo de violências tanto por parte de israelense quanto por parte de libaneses envolvidos. Embora em 9 de setembro de 1993, a OLP reconheceu a existência do estado de Israel e no dia 13 de 1993 foi assinado um acordo de Paz. contudo o problema continuou.

A nossa esperança é que a ONU-Organização das Nações Unidas, possa exercer o seu papel mediador, e encontrar mecanismos que torne possivel a convivencia harmoniosa entre povos e nações.

Partimos da crítica à guerra, como um instrumento imperialista e pedimos PAZ, não teôrica, mas pratica, em verdade fundamentada nesta realidade de sangue, medo e fuga de um povo desesperado.

Não adianta teorizar as batalhas, são violências e partimos do princípio marxista de que os filósfos limitaram a interpretar o mundo de diferentes maneiras. O que importa é mudá-lo.
Manoel Messias Pereira
Enviado por Manoel Messias Pereira em 24/07/2006
Código do texto: T200922
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Messias Pereira
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil, 61 anos
84 textos (7175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:33)