Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor pelo colégio

Texto escrito no dia 20/08 para o site do Colégio Londrinense:


Não há palavras que expressem todo o meu sentimento pelo Colégio Londrinense.

Falar do Londrinense é lembrar dos momentos mais vívidos da minha vida. Foi aqui que eu aprendi a ler, escrever, cantar e a preparar-me para a vida. Tive meus momentos bons e também difíceis, mas nada que conseguisse me desanimar a encará-los.

O Londrinense é realmente um colégio diferente, especial. Os professores são amigos, importam-se e estão sempre dispostos a ajudar-nos. Sentimos a preocupação para conosco, não somos só mais um aluno. Eles não só ensinam como realmente torcem pelo nosso sucesso.

No Colégio Londrinense, há sentimento: carinho, amor, preocupação, amizade, enfim, posso dizer que me senti amada todo tempo que estudei nesse colégio.

Eu não consigo expressar em palavras tudo que sinto, mas é um sentimento muito bom e ao mesmo tempo dolorido (por não fazer mais parte dessa comunidade).

Eu consigo me lembrar com muita alegria de todos os momentos vividos, de todas as coisas aprendidas, de todas as pessoas que fizeram parte de minha vida: colegas, amigos, professores, funcionários.

Eu tenho só lembranças boas dessa época e são muitas. Tenho mais facilidade em lembrar momentos vividos há 10 anos do que momentos que vivo recentemente. Tudo de bom que vem na minha memória, eu vivi no Londrinense.

Há três anos, eu visitei a Educação Infantil do Colégio: já não é mais o mesmo lugar em que eu estudei: tudo mudou, tudo bem diferente, mas fiquei impressionada com tudo que senti ao entrar nesse lugar. Primeiramente, o cheiro: o MESMO que há 14 anos. Um cheiro que dava aperto no coração, de tanta saudade. Foi o que fez com que passasse um filme na minha cabeça. O mais impressionante de tudo é que já se passaram muitos anos, o lugar não é mais o mesmo, mas eu senti AQUELE cheiro. É realmente um sentimento inexplicável. É por isso que eu escrevi inicialmente que é muito difícil expressar em palavras todo o sentimento pelo Colégio.

Foi muito difícil despedir-me e fazer o último ano, com aquele pensamento de que era o ÚLTIMO, mas a vida não pára, e eu aproveitei com intensidade esse último ano.

Sinto muita falta de todas as pessoas, todos os professores, as amizades, as bagunças, os churrascos, os cultos, as olimpíadas, as feiras de ciências, passeios ciclísticos. Enfim, todo amor, carinho, dedicação e amizade que são transmitidos pela equipe do Colégio Londrinense.

A equipe que é uma família: uma família que eu guardo eternamente em minha memória e em meu coração
Nathalia Faustini
Enviado por Nathalia Faustini em 21/11/2006
Código do texto: T297179
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nathalia Faustini
Londrina - Paraná - Brasil, 29 anos
6 textos (1807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:00)
Nathalia Faustini