CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Discurso de formatura - Ausentes

Pra falar de ausência, é preciso falar em saudade.  E falar em saudade dói.

Dói porque a saudade faz chorar, é avassaladora, inesperada.  Dói porque não se acumula cotas de tempo com as pessoas queridas pra se proteger no futuro, quando a saudade chegar. Um dia, de súbito, a saudade está lá, resultado da ausência de alguém muito amado, plantada do lado de fora da porta, já se convidando pra entrar e sentando na cadeira ao lado da gente.
 
Alguns de nós perderam pessoas muito queridas ao longo do tempo de faculdade ou tiveram que aprender a conviver com a distância das pessoas que amam.

E não tem nada que possamos fazer.  Só dá pra deixar a saudade entrar e aprender a conviver com ela.  O segredo é que o dia sempre amanhece, que a gente se acostuma e amadurece.

Pra essa turma de gente feliz que se forma hoje, desejo a saudade.  Antes a saudade do que a indiferença, o não viver.  A ausência, momentânea ou eterna, é um fato, mas é a saudade, o sentimento  que comprova o amor que existe, que existiu.

Fomos amados, amamos, esse é o sentimento que deve ficar.  E que esse amor nos dê a certeza - da maneira que cada um de nós quiser acreditar - de que nossos ausentes queridos estão aqui presentes no dia de hoje para celebrar com a gente mais essa etapa de vida que é cumprida.

Tata Sabe Tudo
Enviado por Tata Sabe Tudo em 01/09/2007
Reeditado em 06/01/2012
Código do texto: T633663

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Tata Sabe Tudo e o site http://tatasabetudo.blogspot.com/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Tata Sabe Tudo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
10 textos (5155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/14 03:31)