Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Discurso Sala Vip

Boa noite, a mesa mantedora, aos mestres, aos pais, demais convidados e queridos amigos formandos da turma 131 do Colégio Adventista de Taguatinga.
É com muita alegria, que aqui estamos com sentimento de alívio por conseguir vencer mais uma fase de nossas vidas.
Queremos falar de futuro, de saudade... Que já se adiantou em chegar, de alegrias, de tristezas, de bagunças e de muita... Mas muita fraternidade.
É verdade, muita fraternidade, o que sempre reinou entre o nosso Império, o Império VIP, “onde reina amor e alegria”, como diz o nosso saudoso hino que cantamos com muita empolgação!
É gostoso olhar para dois anos atrás, e ver que ali nascia uma turma unida, sempre muito energética, às vezes em demasia, mas sempre fazendo valer os seus objetivos, fazendo rir, mostrando aos professores a forte capacidade de criação.
Ninguém agüentava os parabéns pra você fora de hora, as perguntas desnecessárias como perguntar ao professor de gramática se podia usar calculadora na prova dele. E sempre que pediam pra formar uma fila, formávamos uma única, só que na diagonal da sala!
Dali em diante foi se formando uma família, e claro foram surgindo desavenças, porque como bons irmãos, sempre têm uma briguinha ou outra. Mas surgiram também verdadeiros pais e mães, que sempre colocaram um pouco de controle na casa, souberam abraçar filhos na hora da tristeza.
 Mas esquecendo um pouco das bagunças, nosso império é altamente talentoso e virtuoso, a cada Canta Galera, que é um sarau de poesias e músicas que nossa querida professora de Literatura organizava, arrancávamos aplausos com músicas e poemas arrepiantes. Era gostoso enfeitar a sala para cada apresentação, que era bimestral, e tenho certeza, de que se nossos sarais fossem públicos, o sucesso seria garantido.
Num iluminado dia, nasceu uma área VIP, que continha um presidente, vice-presidente e secretários. Todos os participantes tinham uma carteirinha. Passado um tempo, após um pronunciamento do nosso saudoso Higor e do nosso atual imperador, todos da sala passaram a ser VIPs, nascendo ali uma república.
Foi já no final do 2º ano que começamos a eliminar alguns materiais em desuso. O engraçado era que tinha uma regra, não se destruía cadernos sem autorização de, talvez um júri, que analisava e dava o veredito. Como a gente ria!
E conseguimos vencer a 2ª etapa do ensino médio com todos os alunos aprovados! Foi gostoso ver nossos amigos após a recuperação, receberam o boletim, e abrirem aquele sorriso de alívio.
No ano seguinte, depois de muita luta, conseguimos mudar de sala, que aquecia mais que o normal. Agora tínhamos dois janelões, e dois ventiladores. AH!!! Os ventiladores... Se desse pra pendurar um ruminante lá a gente pendurava! Demorou um pouco, mas depois de uma santa batida do Igor (Sem H) com a mochila na frente do Enoque, e estilhaços do equipamento planaram pela sala.
Foi no final do primeiro semestre, o pior dos nossos dias... Eu poderia explicar melhor tudo que aconteceu, porque ouvimos coisas absurdas sobre esse assunto. Lembro que foi horrível chegar na escola, e ser um dos poucos a saber da pior notícia que o CEAT já ouviu. O presidente do nosso império, se foi. Menino de riso franco, amigo pra todas as horas, talentoso, inteligentíssimo (fora do normal), e tudo isso eu falo com orgulho, pois expressava isso mesmo quando ele era vivo.
Ele deixou muitos bens... sim, muitos. Deixou uma felicidade imensa que ele passava com facilidade, deixou amor, alegria, e muita, mas muita saudade.
Mas como caminhamos sempre com a sabedoria de Deus, ele transformou os males em bens. Nossa sala se tornou mais unida, o sentimento de fraternidade cresceu, uma coisa bem familiar mesmo, tomou conta de todos os cidadãos vips, e a partir daí, nasceu nosso Império VIP. (deixando esse assunto de lado...)
Já vamos logo pedindo as necessárias desculpas que ficamos devendo aos professores que tiveram de aturar travessuras que ninguém merece... Apesar de saber que existem uns que não gostam da gente meeesmo, sabemos que têm outros que nos amam de verdade, por isso, também fica aqui, o nosso agradecimento.
Agradecemos aos nossos pais e responsáveis, que sempre nos acompanharam, nessa luta que só está começando.
A Deus que sempre está conosco, compreendendo nossas fraquezas, e nos dando sempre a esperança de que se seguirmos, seremos vencedores.
Aos amigos que nos viram chorar, nos viram sorrir, viram nosso desespero nas horas difíceis, nos deram a mão e nos levantaram para continuar lutando. Nosso sincero obrigado.
E os parabéns, para todos os formandos, que daqui pra frente terão uma nova vida, de adaptações, batalhas e vitórias, e com certeza todos esses que agradecemos estarão conosco, fazendo valer cada segundo, sempre com Deus no coração, combatendo os obstáculos e conquistando vitórias. Caminharemos também com a responsabilidade de assentar os tijolos para a construção de uma sociedade justa, livre da miséria e da corrupção. Obrigado.
asd
Enviado por asd em 14/12/2005
Reeditado em 17/12/2005
Código do texto: T85891
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
asd
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
1 textos (323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:49)
asd