Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEMPO - TÂNIA AILENE = RESPOSTA AO TEMPO - RFS


Tânia Ailene          dueto           R.F.S
 
 

Tempo
Tânia Ailene


Tenho admiração e contemplo você

Penso em falar,

evito, sofro, espero,

que um dia coloque um fim, nesta amargura.

O tempo que estamos perdendo não será recuperado,

erramos, desconfiamos e por tão pouco

Acabamos nos magoando

Talvez seja tarde,

nem sei porque tudo aconteceu.

Vamos tentar sem promessas.

Fique à vontade, me diga o que desejas de mim,

não tenho sonhos, quero um tempo para mim.

Por nós.

Sempre terás teu lugar reservado,

tudo que eu não te dei,

poderia ter se voltasse a ser diferente,

não te darei carinhos nem afetos,

enquanto esta dor não sair do meu peito.

Agora que penso em ir embora,

você me faz juras e finge.

Pensou que eu seria enganada,

não foi consolo

morri em você.

Só fiz amor com você,

desfaleci em seus braços,

acreditei que eras sincero,

passamos dias e noites e você traiçoeiro,

foi tolo, fui sua caça.

Hoje você foi caçado,

Amor de mim não terás,

a falsidade doeu.

Sinto que ao acordar já não te procuro,

alucinada fiquei ao saber do que foste capaz,

arrasou meu coração,

o que foi escondido você descobriu.

Essa prisão sem grades e promessas não concretizadas,

todas mentiras.

Quem ama não quer perder,

não magoa, não maltrata, não decepciona.

Achei que era para sempre,

hoje sei que quis sózinha,

lutei feito uma leoa,

investi todos os meus sentimentos,

apostei em você.

Em troca você foi indecente,

imoral, sem juízo.

Só não queria acordar e ver o tempo passado, esquecido.

Você não pode atirar pedras,

já chorei, sofri, fui selvagem, omissa por você

me magoei, só que desta vez doeu demais,

amanhã será jamais.

Preciso de tempo!

 
 
 
 
   
Resposta ao Tempo
R.F.S.

Perdemos tempo, e perderemos muito mais,

porque eu não fui capaz de meu amor te mostrar.

Te admiro e falo; por isso sofro.

Sua amargura, tanto quanto a minha,

um dia terá fim.

Estarei sempre pronto à um recomeço.

Sei que não te mereço,

mas quero recomeçar.

O tempo será implacável,

se dele não nos dermos conta

e a ele não nos aliarmos.

Não quero nada diferente.

Só o meu lugar que não soube edificar.

Se o seu destino traçado estiver

e bater asas para ser feliz

é o que você quer,

não serei eu a te impedir

de ser feliz,

ao meu lado ou onde estiver.

Talvez tolo tenha sido,

mas foi por um bom sentido.

Caçador jamais,

pois senão, não deixaria minha presa escapar.

Aprendi à amar e fazer amor com você.

Não menti, apenas errei por te amar.

Você foi única, eu sei.

Apesar de intrigas terem feito você diferente pensar.

Descobrir, não foi meu mérito,

Pois os fato, nos seus olhos estavam.

Sou como você,

Enxergo longe.

Só não vê quem tenta esconder.

Sei, que será para sempre, mas de um modo diferente.

Em você só atirarei rosas, sem espinhos,

Prá não te machucar.

Nunca prometi nada,

apenas fui vivendo e deixando o tempo passar.

Mas agora vi que fui vulgar em você não confiar

Sofri e te fiz sofrer.

De nada valeu, pois os seus pensamentos

Não posso apagar.

Prisioneiros somos todos,

desta vida que nos domina.

Mas as chaves estão aí,

Para quem quiser se soltar.

Pois não há cadeado no mundo

que resista a um chamado

que vem do outro lado.

Se queres tempo,

tempo terás.

Mas não chores se ele passar.

Você é bela, sábia e saberá,

Um dia voltar a sorrir

com maestria e muita poesia.

 

 
 
RFS
Enviado por RFS em 20/03/2006
Código do texto: T125804
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RFS
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
22 textos (970 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 23:58)