Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apenas Um Toque De Carinho > Eire com glosa de Guida ao 3º mote do poema

Guida glosa  terceiro mote,

com licença de Eire querida.


Tocaste-me de mansinho

Com tuas mãos em minha face,

E me deste um sorrisinho...

(Eire)

 

Tocaste-me de mansinho

e eu fiquei feliz um tempinho,

como há muito tempo não sentia,

num toque de mão macia.

 
Num doce e forte enlace,

com tuas mãos em minha face,

bimbalharam os guizos

ao som de muitos risos.

 
Adormeci em teus braços,

algemada em fortes laços.

E me deste um sorrisinho...

me acordando com doce carinho.

Santos/SP
06/03/06
8:36 hs

()()()

Poema completo >


Apenas Um Toque De Carinho

Rosa MagalyGuimarães Lucas

- Eire

 
Há tempos a sós na estrada

Muito triste eu caminhava...

Era eu muito apaixonada

Por ti, e me desprezavas.

 

Vida a passar apressada,

E um dia quando eu choravas

Tu me disseste: ” - Coitada,

Por que choras?”, e eu te amava!

 

Tocaste-me de mansinho

Com tuas mãos em minha face,

E me deste um sorrisinho...

 

Nesse momento fugace,

O teu toque de carinho

Fez entre nós o entrelace.

 

Jacaraípe, 06/02/2005.

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 27/05/2006
Reeditado em 27/05/2006
Código do texto: T164316
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:42)
Guida Linhares

Site do Escritor