Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Duplix (Nunca e Sempre)

Nunca sonhei acordada/ isso é ilusão mordida
Nem quis um grande amor/ débil ideal de vida
Não sei bem o que era/ acho que chama
Havia um motor nas minhas costas/ no lugar no coração

Nunca acordei sonhando/ sempre fui uma perdida
Pequenos amores mal entravam/ estavam de saída
Era, bem o sei, um pedaço/ que clamava
por costas de neve/ meras encostas
Na qual pudesse me sustentar.

Sempre quis sonhar em preto-e-branco/ e em inglês
Sempre quis um beijo da morte/ por ser branco e eterno
Ganhei um relógio e uma era/ os contava, dia a dia, mês a mês/
e sempre que acordava/ estava menor a cada vez.


** duplix Marina Wanderley e Scarllet Souza
Scarllet Souza
Enviado por Scarllet Souza em 28/05/2006
Código do texto: T164609
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Scarllet Souza
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
14 textos (630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:55)