Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem poesia

Sem poesia.

 

A dança silenciosa das nuvens
Faz-nos pensar que o céu está mais próximo
O café que repousa na xícara
Leva-me até o jornal
Há tão pouco sentido
O sol tímido insiste
Não sonhe homem,
As horas são cinzas e concretas:
Desperta!
A vida exige.

Tonho França


Silenciosamente transporto-me para o céu
 Em suaves bailados sincronizados com o vento
  Minha alma sobrevoa o firmamento
   Poderia enxergar o mundo cinza?
    Os meus olhos se encantam com as cores.
     E me perco nesse sonho sem fim
      Sai o sol, o sono encerra, rotina chega.
       Incontestavelmente o mundo chama:
        Acorda! A vida te chama...

 

                   Lu Oliveira


Luh Oliveira
Enviado por Luh Oliveira em 06/08/2006
Reeditado em 06/08/2006
Código do texto: T210620

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luh Oliveira
Ilhéus - Bahia - Brasil
141 textos (6954 leituras)
13 áudios (1544 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:47)
Luh Oliveira