Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCA POR VOCÊ...TÂNIA AILENE/LOUCO POR TI MIA LOURA =CAIO AMARAL

LOUCA POR VOCÊ...
TÂNIA AILENE

Entre em minha vida!
A porta esta aberta
já tirei todos os cadeados
do meu coração.
Fico a sua espera!
Sozinha sentada no sofá
olho sua foto scaneada na estante
a mesa já preparada com rosas vermelhas.
Pois quero ser seu jantar!
Acendi as velas para refletir seu olhar,
aguardo sua chegada
para despertar
só tenho vontade de te amar.
Sentir seus beijos molhados
suas mãos a explorar curvas do meu corpo
ansioso para me entregar.
Sou louca por você...
Seu jeito de me pegar
me virar, falar, roçar, acariciar
sempre com delicadeza
de onde quer chegar.
Entre pernas e delícias
sua boca a me sugar.
Quero devassar sua vida
mudar o rumo da história.
Nessa noite de calor, sensualidade
e corpos a exalar
o mais puro odor sereno
de amantes apaixonados.
Não demorou você chegou
o tormento da espera acabou.
Agora sei o que é amor...

LOUCO POR TI MIA LOURA
CAIO AMARAL


Afago teus louros cabelos,
mordisco a tua orelha,
começo a te beijar...
Suspiros e gemidos,
faço dos meus lábios ferramenta sensual.
roçando teu pescoço,

Tu és uma gata no cio
sinto a tua pele bronzeada
pelo sol das praias do Rio...

Beijo tua nuca... faço-te arrepiar.
Pressiono-te nos ombros,
massageio teus doces seios;
vejo os teus olhos revirar
Teus poros libertam aroma de tesão,
ahhh, que perfume de encantar...

De leve , cravo os meus dentes
com suspiro e prazer, vem a entrega...
Faço do seu púbis, um verdadeiro altar...
você eleva a cintura para ele me ofertar
no botão de amor, nádegas voluptosas
passo a me concentrar... e uso de
todos os meios para fazer-te gozar!

Insisto mais e mais,
é o meu maior desejo... te sugar;
tua vulva latejante não me deixa parar...
Desço então com a língua...volúpia e ardente

Sentindo o teu vibrar
Frenética e molhada
As marcas vão ficar...
Na seda dos lençóis, suada
o teu corpo vai estampar!

Eu... continuo sempre e sempre
Pelo interior...nas coxas
meus lábios vão passar.
Desço um pouco mais...

Mordo-te o calcanhar
Teu corpo sempre a vibrar
voce se contorce, se encolhe
e toda aberta, passa a gritar:
Possue-me agora! Vem!
Entra em mim, p'ra me amar!
faço-me de rogado e para retardar...
tua linda bunda vou acariciar

Procuro o momento supremo
e, enfim vou te penetrar...
o teu templo de prazer...
aberto e ávido para me receber,
meu membro em riste,
invadindo-te em movimentos
e dentro, de ti vou deslizar.
Suave e repetidamente,
o ritmo sempre a aumentar...
nas tuas nádegas de sonho
minha unhas eu vou cravar
Enquanto puxo suas ancas
Para melhor te cavalgar...

Com os corpos abraçados
Num frenético rítmo de amor
à estratosfera chegamos...
ao espaço inter estrelar...
cometas em rota de colisão
ondas de prazer nos fazem vibrar.

Orgasmo divino... pleno gozo e prazer
Inconscientes caímos...corpos a ofegar
Esquecidos da existência.
Enfim... conseguimos chegar
ao ponto em que um só
Jamais iria alcançar...

Rio de Janeiro
jano. 2006

www.lindmidis.net/midis/entre/Michael%20Buble/Michael_Buble_-_What_A_Wonderful_World.mid
Tânia Ailene Nua Poesia
Enviado por Tânia Ailene Nua Poesia em 20/10/2006
Reeditado em 19/07/2011
Código do texto: T268836

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Ailene Nua Poesia
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
886 textos (30277 leituras)
28 áudios (1362 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:05)
Tânia Ailene Nua Poesia