Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VEM...
Ana Maria Brasiliense



Deixa a chuva nos molhar 

assim como nosso mar. 

Vem! 

Deixa teu mar de solidão,
 
vem me amar... 

Quero com meus braços te abraçar, 

assim como as ondas do meu mar
 
nos abraça, embalando pra la e pra ca . 

Vem!!!

Ouve o som do meu mar.. 

melodia que só nós podemos escutar. 
 
Mergulha nesse mar , 

percorre com ele minhas entranhas ,
 
desvenda minh'alma.
 
Meu Doce Principe Poeta... 

Vem... me amar! 

Vem navegar nesse mar de amor, 

sonhos , paixão. 

Deixa a chuva nos molhar 

assim como nosso mar.
 
Vem!?!!? 


Stos 31/03/05
hr: 16:47





Vou até você

Zeluiz – aprendiz de poeta


Bendita chuva que lava minh’alma

lindo mar que me faz sonhar

em seus braços encontro a calma

ao seu lado é o meu lugar

Me apavora a escuridão

sem sua luz a iluminar

fica apertado o coração

e não sei como chegar

Surfo suas ondas na prancha da emoção

sinto o gosto de sal que brota em seu corpo

dançamos a dança do amor no rítmo do coração

ressussito aquele amor que já estava morto

Estou aqui princesa das flores

cheguei para fincar raízes

vim para livrá-la das dores

porque só assim seremos felizes.


São Paulo 27 jan 2006 







Ana Maria Brasiliense e zeluiz - aprendiz de poeta
Enviado por Ana Maria Brasiliense em 22/11/2006
Reeditado em 31/07/2011
Código do texto: T298441

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Brasiliense
Santos - São Paulo - Brasil
884 textos (36859 leituras)
14 áudios (882 audições)
3 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:15)
Ana Maria Brasiliense