Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO ME APAIXONO // TU ÉS APAIXONANTE

QUANDO ME APAIXONO!
(Milla Pereira)
 

Quando eu me apaixono
Tal e qual um cão sem dono
Perco-me na multidão.
Não consigo me expor,
Confessando esse amor
A quem dei meu coração!
 
Quando eu estou amando
Desconheço mesmo quando
Ultrapasso as barreiras...
Detêm-me a timidez
Até soltar-me de vez
Como uma fêmea matreira!
 
Transformando-me em fera
Busco teu corpo na esfera
Que criei, de fantasia!
Sou tua amante ardorosa
Como uma gata manhosa
Em êxtase de ousadia.
 
Quando, vencido o desejo,
Cubro teu corpo de beijos
Da cabeça até os pés.
Sem nenhum constrangimento
Quero esse amor turbulento
Do amante que tu és!
 

RÉPLICA
TU ÉS APAIXONANTE
(Mario Roberto Guimarães)
 
Se te apaixonas, declaras
Sem mistérios, tudo às claras,
O sentimento que te toma.
Dizes desse amor que cresce,
Num poema que enaltece
O bem que, na alma, assoma.

E entregas todo o amor
A quem queres com ardor,
Sem fronteiras ou limites...
Deixas que a paixão floresça,
Pois ao segredo és avessa
E ao coração, amar, permites.

Fazes do mundo o lugar
Propício a esse dom de amar
Que tua alma povoa.
Amas com tal intensidade,
Que respiras felicidade,
E teu canto de amor ecoa.

Se amor é turbulento,
O que importa é o momento
Que o teu querer profetiza.
Tens a ternura que encanta
E a paixão que não se quebranta,
Pois és musa e poetisa.
Mario Roberto Guimarães
Enviado por Mario Roberto Guimarães em 06/11/2007
Código do texto: T725070
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Roberto Guimarães
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
1956 textos (231559 leituras)
2 áudios (631 audições)
1 e-livros (650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 21:44)
Mario Roberto Guimarães