Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cavaleiros de Sonhos de Rodrigo Poeta e Diogo Cordeiro.

Cavaleiro de outrora
Guardastes as lembranças
Da lâmina sanguinária que chora

Um cavaleiro morto pelo tempo,
Desgraçado e esfacelado
Por um amor impossível.

Impossível pelo corte
E amortalhado
Pela própria morte.

Sepultado com o soneto
Desfigurado pela modernidade
Do tempo entre novos cavaleiros
De versos sincréticos...
Versos inversos,
Desgovernados pela métrica
Dos diversos ...

Dois poetas arrancam seu coração
De pedra e o transformam em sonhos
E em festas enluaradas pelo desejo
De conquista, através da caneta
E do papel e não da espada.

(Rodrigo Poeta e Diogo Cordeiro -  15/11/07)




Rodrigo Poeta
Enviado por Rodrigo Poeta em 15/11/2007
Reeditado em 24/05/2009
Código do texto: T738630
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rodrigo Poeta
Cabo Frio - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
261 textos (18335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 10:53)
Rodrigo Poeta